Se você não mudar sua maneira de pensar, continuará a reviver as mesmas experiências



Muitas vezes, parece que nossas vidas não vão para frente, sentimos que estamos andando em círculos, revivendo as mesmas experiências, sem nada mudar, e nos conectando com as mesmas pessoas indisponíveis, negativas e desinteressadas em nós.

Nesses momentos, nós nos sentimos falhos, incapazes de seguir em frente e conquistar a felicidade que desejamos. No entanto, raramente percebemos que nós mesmos estamos manifestando essa realidade, e que está em nosso poder a transformação de nossas vidas.

Nada em nossas vidas acontece sem uma razão, e somos os principais responsáveis por aquilo que materializamos. Enquanto não desenvolvemos o conhecimento de que para que o mundo mude para nós, é preciso que mudemos primeiro, continuaremos repetindo os mesmos ciclos, e isso é nossa responsabilidade. Se quisermos mudança, precisamos começar por nós mesmos.

Seu pior inimigo não pode prejudicá-lo tanto quanto seus próprios pensamentos. Nem o seu pai, nem a sua mãe, nem o seu amigo mais querido podem ajudá-lo tanto quanto a sua própria mente disciplinada.” – Buda Gautama

Ao fazermos a escolha de mudar nossa percepção sobre a vida, podemos enxergar a realidade com mais consciência, estabelecer pensamentos e crenças autênticos e assim começar a criar experiências mais positivas. Esse processo começa com nossos pensamentos. Se mudarmos nosso padrão de pensamentos, consequentemente, mudaremos o que se manifesta em nossas vidas.

Toda experiência que revivemos tem uma lição para nos ensinar. Portanto, analise as situações que você sente que já viveu antes e analise o que pode aprender com elas. Podem ser comportamentos que precisam ser mudados, relacionamentos que precisam ser repensados.

Nossos padrões de comportamento podem facilitar ou dificultar nossas vidas, fazer-nos felizes ou insatisfeitos. Pense se o jeito que você está vivendo é como realmente deseja passar por essa vida, e, se não for, tome as medidas necessárias para iniciar uma mudança.

Entenda que as fases complicadas da vida não devem ser evitadas ou ignoradas, mas vividas com consciência e intensidade. Não fuja, mas tenha a coragem de enxergar além do óbvio para aprender suas lições.



Apenas assim você poderá realmente se tornar consciente de sua vida, do porquê as coisas acontecem de determinada maneira e de como isso influencia em seu destino. Depois de conseguir esse conhecimento, de entender mais sobre si mesmo e sobre a vida, você estará preparado para seguir.

Quanto mais consciente você se tornar sobre o seu papel na realidade de sua vida, e de que até mesmo as pequenas coisas são lições, mais você estará preparado para moldar sua vida como quiser.

Esteja aberto para receber os ensinamentos da vida, não tenha medo de perdoar, amar, mudar, curar, relacionar-se, entender, cuidar e abrir seu olhar para os aspectos positivos da situação e seguir em frente. Dessa maneira, estará no caminho para criar uma nova vida e eliminar a repetição de experiências.

Quando você assume a responsabilidade por seus pensamentos, você se torna muito mais poderoso e o verdadeiro comandante de sua própria vida. Lembre-se disso.



Direitos autorais da imagem de capa: Christian Schloe






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.