publicidade

Se você perdoar sempre e não estabelecer limites, as pessoas vão se acostumar a não respeitá-lo

Perdoar é preciso, mas estabelecer limites não é errado nem exagero, é mostrar que você se coloca em primeiro lugar e não aceita uma relação em que não há respeito.



Falamos muito por aqui sobre a importância do perdão, e de fato ele é um sentimento essencial para vivermos de forma saudável e termos um bom relacionamento com o nosso “eu” interior, mas até mesmo com o perdão precisamos ser rigorosos e sábios porque, em excesso, ele pode acabar por prejudicar nossa vida.

O perdão alivia a dor de nossa alma e nos permite recomeçar com muito mais positividade. Ele é um presente que oferecemos, acima de tudo, a nós mesmos. Ele nos abre caminho para oportunidades e nos deixar bem com nós mesmos.

No entanto, algumas pessoas não sabem fazer uso sábio do perdão, e fazem com que ele passe a ter efeito oposto.

É claro que devemos ser capazes de perdoar as pessoas que, em determinados momentos, nos fazem mal, mas precisamos estabelecer limites saudáveis para que o perdão não acabe se tornando uma ferramenta negativa.


O perdão precisa ser saudável, ele deve deixar a sua alma leve, mas também demonstrar para a outra pessoa que você não está disposto a passar pela mesma situação mais uma vez. Não é simplesmente perdoar e fingir que nada aconteceu, você precisa estabelecer limites que preservem a sua integridade.

Se você apenas perdoa e perdoa, mas não estabelece nenhum tipo de compromisso de mudança com a outra pessoa, ela vai saber que as coisas nunca serão diferentes, que você continuará aceitando tudo o que ela fizer e se acostumará a desrespeitá-lo.

Por mais que desejemos ser pessoas mais leves, que não transformam tudo em problema, precisamos ser capazes de definir regras e limites nos relacionamentos, para o nosso próprio bem.


O perdão é bonito e transformador, mas apenas quando usado de forma certa. Não permita que outras pessoas abusem de sua boa vontade, empatia e gentileza.

Não permita que ninguém o trate mal, mostre sua voz, defenda a si mesmo, porque certamente ninguém mais fará isso por você.

Se existe alguém em sua vida que o está constantemente magoando, é seu dever resolver essa situação. Defenda a si mesmo, sua felicidade, liberdade e bem-estar. Se você seguir perdoando e abaixando a cabeça, nada mudará.

Entenda: estabelecer limites não é errado nem exagero, é mostrar que você se coloca em primeiro lugar e não aceita uma relação em que não há respeito. Essa atitude trará apenas as melhores pessoas para o seu redor, aquelas que realmente desejam estar ao seu lado, trazendo companhia e felicidade para sua vida.

Não deixe que ninguém se acostume a desrespeitá-lo; valorize-se sempre, porque você é importante!

 

 Direitos autorais da imagem de capa: Mario Mesaglio/Unsplash.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.