Se você tem alguma amigo que se comporta assim, melhor abrir o olho!

Um amigo que compete, na verdade, é um rival. Melhor ser só do que entrar nessa disputa.

Alguns amigos não são capazes de se entregar a um bom sentimento e, muitas vezes, para o nosso próprio equilíbrio, o melhor é se afastar. Isso não significa que perdemos amigos, apenas que aprendemos quais deles nos estimam de coração. Porque muitos competem em vez de admirar e satisfazem-se com essa relação nociva mesmo padecendo com as seguintes posturas:

1 – Sofrer com suas conquistas.

Aquele amigo que compete não pode ver você se dando bem que, quando não dá aquele sorriso amarelo, fecha a cara. E para evitar que a tristeza do outro sobre seu sucesso doa no seu coração, afaste-se.


2 – Querer estar certo sempre.

Não importa a verdade, ele vai argumentar, enrolar, dar voltas só para não admitir que está errado. Então, qualquer conversa vira perda de tempo, porque o objetivo do seu amigo é estar com a razão, em vez de crescer em ideias. Uma disputa intelectual chata, desgastante e completamente desnecessária. Quem precisa de um amigo assim?


3 – Negar-se a ajudar.

Amigo que compete nega ajuda, porque tem medo que você seja melhor do que ele. É como no futebol, aquele que está no seu time, passa a bola para você fazer um gol, enquanto um rival espera que você erre o pênalti.


4 – Ser cruel quando perde.

Quem compete com você tem a necessidade de puni-lo quando acredita que você é melhor. Sejam com palavras ou com atitudes. A sua felicidade o torna cruel. Ele implica, faz maldades, diz coisas duras para feri-lo. E ninguém precisa de um “amigo” assim na vida.


5 – Querer chamar mais a atenção.

Quem compete com você não consegue vê-lo no centro das atenções, por isso, tenta chamar a atenção para si, isso quando não o diminui ou desvaloriza os seus feitos para que as pessoas percam o interesse em você.


6 – Ficar feliz com sua derrota.

Quem compete com você fica feliz com sua derrota, pois consegue ter um gostinho de vitória, mesmo que amargo. E lá no fundo, é um desejo constante para que você se dê mal. Mas você não precisa dessa energia na sua vida.


7 – Evitar corrigir seus erros.

Se uma pessoa deseja ser melhor que você, ela quer mais que você continue errando. Então, acaba permitindo que você passe vergonha e mantenha uma atitude equivocada para que os outros o achem incapaz. Pior é quando os conselhos são furados e a gente nem percebe.


8 – Criticar suas qualidades.

É intolerável para um rival aceitar suas qualidades. Se fica impossível negar, eles dão um jeito de desmerecer ou dizer que não é bem assim. Querem ser mais bonitos, mais inteligentes, mais amados, mais competentes, exatamente porque acreditam que não são.

Quando isso acontecer, não se abata. Compreenda que essa necessidade de ganhar é uma crença de quem se sente sem valor. Então, quando um amigo agir como um rival, afaste-se, sem tristeza, pelo contrário, mantenha um sorriso tranquilo no rosto, afinal, ele só quer superá-lo porque acredita que você é melhor. E isso é um elogio!

A eles, portanto, nada de brigas ou insultos, apenas um beijinho no ombro e uma boa oração. É tudo que merecem.


Direitos autorais da imagem de capa: wall.alphacoders.



Deixe seu comentário