Reflexão

Se você vacila com a pessoa certa, a errada te mostra como dói!

6 capa site Se voce vacila com a pessoa certa a errada te mostra como doi
Comente!

Dar valor às pessoas que amamos é o mínimo que podemos fazer como seres humanos decentes, cuidando daqueles que sempre estiveram ao nosso lado.

Crescer é um processo complexo e doloroso, não é mesmo? Quantas vezes, enquanto caminhávamos pela estrada da vida adulta, não esbarramos em pedras e pegamos trajetos errados? Saiba que isso acontece com todo mundo, principalmente porque não existe um guia, a vida é vivida e não existem maneiras de testar antes de simplesmente pular de cabeça.

Nesse trajeto, vamos aprendendo, principalmente, como nos comportar com os outros, e isso acaba sendo uma atividade que realizamos desde o nosso nascimento até a velhice. Vamos lapidando a própria personalidade de acordo com tudo que passamos, com as pessoas que conhecemos e com nossas crenças. O ato de conhecer e desfrutar de realidades diferentes da nossa é um dos principais fatores que nos fazem evoluir de maneira robusta.

Isso não quer dizer que nossas falhas não sejam grosseiras. Em inúmeros momentos, tratamos pessoas queridas com desdém e apatia, dando a elas muito menos do que merecem. Pode ser que, em um primeiro momento, não enxerguemos o “crime” que estamos cometendo, mas a própria vida se encarrega de trazer de volta todo o mal que causamos, é a famosa Lei do Retorno, presente em grande parte de nossas ações mecânicas e espirituais.

É até impressionante como, em muitos momentos, ela aparece de maneira rápida, quase instantânea. Quantas vezes não tratou alguém de maneira rude, ou mesmo falou mal de uma pessoa para, logo em seguida, tropeçar, morder a língua ou engasgar? Esses são pequenos e leves ensinamentos ligeiros que a vida nos oferece, nos fazendo lembrar de que a forma como os outros são ou se comportam não nos diz respeito!

Sim, é difícil aprender essa lição. Crescemos enaltecendo a fofoca e o exposed a qualquer custo, principalmente na era da internet, onde o que mais vale é a polêmica, mesmo que completamente vazia de sentido e informação. Por isso, tentar experienciar uma existência que se distancia ao máximo de valores que conflituam com a boa existência é um exercício árduo, que pode se estender pela vida inteira.

É complexo remar contra os costumes e a cultura na qual estamos inseridos, principalmente se agradam tanto aos nossos familiares e amigos. Mas, ao mesmo tempo, se essas pessoas nos amam, vão compreender que essa é a melhor maneira de interagir com o outro, respeitando ao máximo sua forma de ser e de coabitar.

Não importa quão bom sejamos, sempre que vacilamos com alguém, outro vem e age em intensidade igual ou até maior conosco, porque a bondade e a maldade não são cumulativas, e isso dói. É claro que uma vida repleta de atos generosos e honestos deve ser enaltecida para além das falhas e erros, mas não podemos passar os dias nos apegando a tudo aquilo que já fizemos de bom, e sim tentando fazer ainda mais!

Para aqueles que desejam ser pessoas mais empáticas, generosas e carinhosas, o pontapé inicial está em enxergar a maneira como desejamos ser tratados. Muitas vezes, exigimos respeito, lealdade e honestidade, e não chegamos a oferecer nem 10% do que queremos, não é mesmo? Imaginar tudo aquilo que queremos é um bom começo, e pode ser um exercício mental até complexo, nos primeiros meses, mas que ajuda a nivelar os comportamentos.

O segundo passo é olhar um pouco para nós mesmos, fazendo uma profunda análise e autocrítica. A minha existência faz diferença na sociedade em que vivo? Quando partir, farei falta pela minha bondade? Eu mudo a vida das pessoas positivamente? As pessoas se lembram de mim com carinho? Com quem posso fazer as pazes hoje? Posso aceitar meus filhos e todos que rejeitei no passado?

Abrace mais, ame mais e ofereça tudo aquilo de melhor que existe dentro de você, dessa forma, nunca existirá espaço para a maldade!

Comente!

Conheça os 3 signos mais tiranos no amor. Querem tudo à sua maneira!

Artigo Anterior

Tenente da PM é presa no Ceará por abandono de posto ao lavar farda suja por menstruação

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.