4min. de leitura

Segredos compartilhados na amizade não podem ser revelados na inimizade. O respeito deve permanecer

Não somos obrigados a manter todo mundo em nossa vida, mas nossa consciência nos ensina que lhes devemos respeito, pelo bem da outra pessoa e também pelo nosso.


Nem todas as pessoas permanecem em nossa vida tanto tempo quanto gostaríamos. De fato, são pouquíssimos aqueles que estarão ao nosso lado durante todo o caminho, a maioria dos que estão hoje conosco, em algum momento, partirá.

Essas despedidas nem sempre são calorosas ou felizes, em alguns casos, as pessoas vão embora depois de uma briga ou situação complicada, e acabamos perdendo o vínculo de amizade.

Quando essas situações desagradáveis acontecem, nem todos conseguem agir de forma madura.

Muitos de nós não conseguimos lidar com o fato de que fomos traídos ou magoados por alguém em quem confiamos por muito tempo e, em nossa dor e mágoa, buscamos vingança, queremos fazer com que a outra pessoa sofra da mesma maneira que nós, e muitas vezes podemos ir longe demais.


Duas coisas coexistem na amizade e devem continuar existindo depois dela: respeito e lealdade. Quando somos amigos de alguém, compartilhamos segredos e questões muito pessoais, como problemas internos, família, trabalho, traumas, coisas sobre as quais não nos sentimos à vontade para falar com mais ninguém.

Nós nos abrimos verdadeiramente com os nossos amigos e eles conosco, e precisamos saber respeitá-los, mesmo quando não fizerem mais parte de nossa vida.

Precisamos entender que aquilo que foi compartilhado na amizade jamais deve ser revelado na inimizade.


A lealdade e o respeito são valores que não podem ser deixados para trás, ainda que uma pessoa nos magoe. Pagar na mesma moeda ou fazer o outro sofrer por conta de um fato da vida nunca nos trará realização ou felicidade, apenas alimentará o lado mais negativo que existe em nós.

Não somos obrigados a manter todo mundo em nossa vida, mas nossa consciência nos ensina que lhes devemos respeito, pelo bem da outra pessoa e também pelo nosso.

É claro que isso nem sempre é fácil, pode ser muito complicado conter nossos instintos, especialmente quando estamos com o coração partido. É preciso ser forte e muito corajoso para manter a lealdade a outra pessoa, mas isso sempre vale a pena.

Quando somos respeitosos e mantemos ocultos todos os segredos de quem não é mais nosso amigo, mostramos que somos sábios e sabemos valorizar um relacionamento. Essas qualidades podem não fazer diferença, à primeira vista, mas orientarão o Universo e a vida a colocarem pessoas cada vez melhores em nosso caminho.

Não importa o lugar que uma pessoa ocupou em sua vida, seja sempre leal a ela por tudo o que viveram juntos, isso é sinônimo de maturidade.

 

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos. Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: lightfieldstudios/123RF Imagens.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.