Bem-Estar e Saúde

Segundo estudos, a limpeza de nossas casas – ou a falta dela – afeta diretamente a nossa saúde mental

capasegundo estudos a limpeza de nossas casas ou a falta dela afeta diretamente a saude mental

Entenda o que diz a ciência sobre como a limpeza ou sujeira de nossas casas nos afeta.



Quando se trata da limpeza e organização de nossas casas, cada pessoa tem uma forma de se comportar. Para alguns de nós, é essencial que a limpeza seja feitas no mínimo uma vez por semana, com todos os lençóis, toalhas e tapetes trocados, bem como uma limpeza “geral” uma vez por mês, em que jogamos água no chão e esfregamos tudo com esponja.

Aqueles que seguem esse modelo costumam aproveitar para descontar os seus momentos de estresse e cansaço na limpeza, e enxergam na limpeza da casa uma poderosa cura para todos os males da vida.

No outro lado do espectro estão as pessoas que detestam qualquer atividade de limpeza dentro de suas casas. Elas empurram essas obrigações para os pais, irmãos e parceiros românticos, e enrolam até o último momento para organizar as coisas, quando estão sozinhas, sendo muitas vezes vistas como “porcas”.


Elas podem jurar que o estado de conservação da casa não afeta em seu bem-estar e lutam contra todos aqueles que tentam ensiná-las a ser mais cuidadosas. Mas cientificamente falando, quem será que está certo? Abaixo, mostramos algumas descobertas de pesquisadores sobre o relacionamento entre limpeza ou sujeira da casa com a nossa saúde mental. Confira!

Começaremos com uma declaração da psicóloga brasileira Marilene Kehdi sobre o assunto. De acordo com uma matéria do Extra, Kehdi afirmou que um lar bagunçado desencadeia estresse porque é lotado de informações e coisas para fazer. Nesse ambiente, alguém que já é caótico por natureza se sente ainda mais ansioso, o que pode levar a sintomas físicos e emocionais. Agora confira o que diz a ciência sobre o tema:

A desordem pode contribuir para a depressão

Um estudo publicado no Personality and Social Psychology Bulletin descobriu que as mulheres que descreviam suas casas como “bagunçadas” e “cheias de projetos inacabados” tinham mais probabilidade de ficar exaustas e deprimidas do que as que pensavam em seus lares como locais restauradores.


A bagunça pode levar à confusão, tensão e falta de foco

Pesquisadores da Universidade de Princeton (EUA) foram capazes de descobrir que a bagunça pode tornar mais difícil para nós nos concentrarmos nas tarefas do dia a dia, o que dificulta no cumprimento de todas as nossas responsabilidades com eficiência.

Foi relatado que a bagunça está ligada a emoções negativas, como confusão, tensão e irritabilidade, já um lar organizado tende a produzir emoções mais positivas, como calma e uma sensação de bem-estar em nós.

Nossos cérebros interpretam a desordem como algo inacabado, e isso pode nos despertar muita ansiedade, por isso é positivo mantermos nossas casas sempre arrumadas. Essas são evidências muito importantes sobre os malefícios da bagunça. Agora vamos entender como a organização beneficia a nossa vida.


A limpeza pode beneficiar a nossa saúde física

Nicole Keith, PhD, pesquisadora e professora da Universidade de Indiana (EUA), conduziu um estudo que provou que as pessoas que vivem em casas limpas tendem a ser mais saudáveis ​​do que aquelas com casas bagunçadas ou sujas. Não apenas isso, nesse estudo também foi comprovado que a limpeza de nossos lares é um indicador ainda melhor de boa saúde do que a facilidade de fazer caminhadas pela vizinhança.

Também melhora o seu humor

Um estudo publicado na revista Mindfulness informou que aqueles que realmente se dedicavam à tarefa de lavar a louça relataram redução de 27% no nervosismo, além de melhoria de 25% na “inspiração mental”.  Outra pesquisa informou que manter os lençóis limpos e arrumar a cama estão associados a uma noite de sono melhor, o que afeta positivamente o nosso humor.


Manter a casa limpa também aumenta o nosso foco

Um estudo publicado no The Journal Of Neuroscience descobriu que as pessoas que vivem em um ambiente limpo e organizado ficam menos distraídas e irritadas, e produzem muito mais, além de processar informações com mais facilidade. Agora que você já tem todas essas evidências apoiadas por pesquisadores, com certeza valorizará muito mais a limpeza do seu lar, e exigirá o apoio de todos que vivem com você!

 

Direitos autorais da imagem de capa: Depositphotos.


Adolescente que nunca havia costurado criou vestido de princesa para amiga usar no baile de formatura!

Artigo Anterior

Katy Perry declarou que prefere “ser feliz” a perder o peso que ganhou com a gravidez

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.