Seja amigo de seu guia espiritual: 3 passos simples

6min. de leitura

Se você deseja incorporar a sua verdade e grandeza; se você quer desfrutar de melhor qualidade de vida e bem-estar, você deve dar o passo muito importante de aperfeiçoar a sua intuição e honrar o seu conhecimento interior. Uma coisa que podemos esperar quando o nosso sexto sentido torna-se mais elevado, é uma maior sensibilização dos seres de luz que estão ao nosso redor o tempo todo. Esses seres são dedicados a ajudar, orientar, apoiar, e nos guiar em nosso caminho na vida.



Todos nós temos mais do que alguns Guias Espirituais específicos, que ajudam-nos em nossa viagem através da vida, e Guia Espiritual principal, em tempo integral. Costumamos chamá-lo de “Anjo da Guarda”, embora seja realmente um espírito-guia, e os dois não são a mesma coisa. “Anjos” são um filo diferente de “Espíritos”. Espíritos têm a capacidade de encarnar em forma humana, e anjos não, além de anjos estarem em uma frequência enérgica muito maior do que espíritos.

Nosso Guia principal está conosco desde o nascimento até a morte. Cultivar um relacionamento com o seu espírito guia pode melhorar drasticamente a sua qualidade de vida, além de fornecer uma fonte poderosa para você para pedir e receber orientação, ajuda, clareza e discernimento em seu caminho. Conectar-se ao seu guia espeiritual também irá melhorar drasticamente a sua jornada espiritual em geral.

Aqui estão três passos para entrar em contato com o seu guia espiritual:


1.Conecte-se ao seu próprio espírito e a essência da alma, para que possa ouvir os sussurros de sua guia espiritual

seja amigo de seu2

Quando você se conecta a essência de sua alma, elevar a sua vibração, e com uma vibração elevada, será muito mais fácil para o seu guia espiritual fazer contato consciente com você. Os nossos guias espirituais estão sempre se comunicando conosco. É que nossas vidas (e mentes) estão tão ocupadas, estressante e caóticas que geralmente não ouvimos. A presença de nosso guia espiritual é suave e sutil, de modo a não substituir o nosso livre arbítrio. Geralmente, nós temos que começar conscientemente quietos, e ativamente escolhermos escutar esses seres espirituais se quisermos ser capazes de ouvi-los.


2.Escreva uma carta

Consulte-se com seu guia espiritual em forma epistolar (texto extravagante em forma de carta). Peça ajuda, clareza, soluções, discernimento e orientação. Além disso, certifique-se de expressar gratidão por tudo o que eles fazem para você! Você receberá respostas, embora na maioria das vezes venham de maneiras inesperadas, discretas, e matizadas.


Mantenha um olhar atento para os sinais, símbolos, sincronicidade, e “coincidências”. Elas contêm mensagens para você. (É verdade que “não existe coincidência”, eventos coincidentes são sempre divinamente orquestrados e, como tal, sempre carregam significado e importância de algum tipo.)

Você também pode receber mensagens cristalinas a partir de músicas que você ouve, livros que lê, conversas com pessoas, discussões que presenciou, ou mesmo de programas de televisão, mensagens que parecem cobertas com significado elevado e estranhamente respondem à mesma pergunta que você tinha.

Todas essas ocorrências podem poderosamente ser uma comunicação muito real de seu guia espiritual. Se você meditar com regularidade, facilitará a comunicação com seu guia espiritual de uma forma tangível.


3.Pergunte o seu nome

seja amigo de seu3

Demonstre a sua fé, confiança e crença na existência do seu guia espiritual, perguntando, sob a forma de uma oração, o seu nome. (Sim, eles são do sexo masculino ou feminino).

Fale em voz alta com seu guia espiritual, para que ele (ela) saiba que você deseja cultivar um relacionamento mais próximo.

Se você pedir por esta revelação com destemor, verdadeira prontidão e com convicção sincera, nas próximas semanas receberá o nome em três ocasiões separadas.

Novamente, como no nº 2, o nome virá através de canções, livros, conversas, uma mensagem recebida, um nome pichado em um muro, ouvir alguém chamar o nome em voz alta perto de você na rua, um velho amigo com esse nome te chamando após anos de nenhum contato, ou apenas através de um saber intuitivo inconfundível, um “Saber espontâneo.”

Tente estas dicas e veja seus guias espirituais tornarem-se menos uma vaga ideia, e mais uma amizade íntima e inestimável que ajuda te sustenta, fortalece, melhora, e apoia em todos os aspectos da sua vida. Vai ser incrível para você colher os benefícios de ter uma conexão real com seus ajudantes e guias invisíveis!

___

Traduzido pela equipe de O SegredoFonte: Mind Body Green

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.