ColunistasMotivação

Seja bem vindo 2017!

SEJA BEM VINDO 2017 capa e dentro

Mais um ano está chegando ao fim, e um novo ano se inicia, muitas coisas ficaram para trás, algumas ainda levo comigo. Passa aquela retrospectiva na memória. Me desfiz e desfizeram de mim. Cortei e me costurei. Me despedaçaram e me emendei. Exagerei nas palavras e espalhei levezas. Ultrapassei meus limites. Resgatei a paciência. Perdi e ganhei. Olhei para trás mas segui em frente. Briguei, xinguei, mas abracei, beijei e pedi desculpas. Deixei pesos desnecessários no meio do caminho. Machuquei e me machucaram. Perdoei e fui perdoada. Neguei, aceitei, não respondi, respondi e deixei subtendido.



Fiquei em silêncio e gritei. Insisti, me cansei e senti muito por tudo isso. Renovei meus estoques de sabedorias. Desfiz de coisas velhas e sem utilidade. Acertei e errei. Caí e me levantei. Exagerei na dose e nos meus dramas. Disse nunca mais e fiz de novo. Sofri antecipadamente. Fui impulsiva. Arrependi e faria tudo de novo. Me surpreendi e me surpreenderam. Olhei para o céu e fiz um pedido. Abaixei a cabeça e orei. Fui sincera e menti. Fui justa e injusta. Escrevi, postei, apaguei, amassei e joguei fora. Eu quis, mas não me quiseram. Perdi noites de sábado e ganhei vários dias.

Tive fé e isso será algo que nunca vai se desprender de mim. Sonhei, mas não realizei. Pensei em desistir, mas acordei do pesadelo. Terminarei 2016 feliz e orgulhosa. Continuarei inteiramente disposta a enfrentar o que vier. Começarei com coragem, porque é assim que tem que ser. Poxa! Quanta coisa aconteceu em 2016. A realidade do nosso país, impossível esquecer as tragédias, a roubalheira, a violência. Mas brasileiro carrega na alma a esperança de dias melhores.

Que 2017 seja bem-vindo, que venha com força, fé, paz, leveza, felicidade, desafios, sabedoria e aprendizagem. Sim, aprender sempre, mas que seja de uma forma mais calma para aqueles que já passaram por grandes turbulências. Estabilidade para todos que sofreram oscilações durante a vida. Calmaria para aqueles que desejam se encontrar e entrar em profunda paz de espírito.


Que tudo venha como uma brisa, com ventos favoráveis nos tocando para um lado mais necessário daquilo que buscamos. Dar de cara com o inesperado no meio do caminho e ser feliz sob todas as circunstâncias. E se não for exatamente assim que busquemos ao máximo tentar ser.

O resto? O resto a gente inventa.

Brindemos 2017!


Enquanto não atravessarmos a dor da nossa própria solidão, continuaremos a buscar outras metades…

Artigo Anterior

Você está onde se coloca! – 5 dicas para ser quem você realmente quer ser:

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.