Seja honesto com os outros, começando por você!



Sempre fui sincera comigo e com os poucos amores que tive. Todos souberam que sou transparente, e que não sou de reprimir sentimentos.

Dou voz ao coração, e falo o que ele pede para ser dito. Simples assim.

Do estou gostando de você, ao não sinto nada por você, sempre procurei deixar claro minhas intenções.

Algumas vezes escutei o que gostaria de ouvir, noutras o que não gostaria.

Felizmente, tive sorte de cruzar com pessoas de bem. O que não me serviu como empecilho para levar alguns foras.

Se me arrependo de arriscar? Jamais. Até porque, a sinceridade é uma virtude que está cada dia mais rara de ser encontrada.

E está cada dia mais difícil encontrar pessoas que merecem nossa sinceridade.

Então, as pessoas acabam se fechando, ficando cada vez mais individualistas, menos receptivas.

Se minha intenção é permanecer solteira, tenho que deixar claro que não quero compromisso.



Se estou conhecendo alguém, tenho que conquistar a confiança desse alguém.

Sempre achei que sinceridade é a chave para um relacionamento bem-sucedido, e como vou ser sincera com meu parceiro, se não sou sincera nem comigo mesma?

Já li diversos textos que abordam falta de entrega, interesse, mas será que a falta de sinceridade não interfere na falta de interesse?

Antes de cobrar uma chance, seja honesto com os outros, começando por você.

________

Direitos autorais da imagem de capa: jorgophotography / 123RF Imagens






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.