ColunistasOração

‘’seja o que for que peçais em prece, crede que obtereis e concedido vos será!’’

Quantos de nós já dissemos que a nossa oração, a nossa prece não foi atendida. A oração é a chave para o sucesso. Quando sincera é a mais poderosa arma conta qualquer contratempo. Mas para que esse sucesso ocorra é necessário que a oração seja permeada de fervor, o qual resulta de uma intimidade com Deus, cultivada no exercício da comunhão diária com o criador.



Portanto, quando nos dispomos a orar temos que fazê-lo como o coração. Aquela prece que brota do íntimo, que se processa através de palavras sinceras e puras. Pois a oração é muito mais que abrir a boca e usar o nome de Deus, dizendo algumas palavras saídas da mente ou mesmo apenas lendo algo escrito por alguém.

SEJA O QUE FOR - FOTO 01

A oração exige disciplina de pensamento. Se tivermos a humildade de ouvir o nosso interior tão logo comecemos a orar, vamos observar que nossa mente fica bombardeada por muitos outros pensamentos. Vamos lembrar algo a ser feito, um sentimento de pressa, uma indolência no corpo. Assim, muitas vezes nós nos sentimos cansados e decidimos por desistir da oração fervorosa. Nós nos voltamos á forma, a oração ditada e assim perdemos a oportunidade de manter acesa a comunhão com Deus.


Lutero dizia que quando estava mais ocupado, tinha que orar pelos menos três horas naquele dia. Aprendera que o segredo do sucesso está em Deus. Jesus, quanto mais ocupado estava mais orava. Se passava todo o dia com as multidões, gastava a noite em oração. “Fecha a porta atrás de ti e ora a sós com teu Pai dos céus”. O Mestre costumava orar na altura dos montes e na solidão dos desertos onde não havia cubículo nem portas.

SEJA O QUE FOR - FOTO 02

Portanto, ao dizer estas palavras, ele nos convida a nos voltar para o nosso interior espiritual, para a nossa alma, para o nosso EU DIVINO. Isso significa que quando nos dispomos a orar, temos que fechar as portas que nos mantém em contato com o mundo externo, dos sentidos, das sensações, portanto dos pensamentos.  Este é o caminho que nos permite que a nossa oração chegue até Deus.

“Seja o que for que peçais na prece, crede que obtereis e concedido vos será o que pedirdes”.


(Marcos 11,24).

Seja luz para si mesmo e você estará fazendo tudo o que está ao seu alcance para iluminar tudo que existe!

Artigo Anterior

Tenho que me encontrar para saber quem sou…

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.