3min. de leitura

Sejamos como os Ipês que florescem no inverno

Nesta semana recebi de um amigo uma corrente positiva com a Fábula “Deus e os ipês”.

Essa fábula conta que quando Deus estava preparando o mundo, ele se reuniu em uma tarde com todas as árvores e pediu para que cada árvore escolhesse em que época gostaria de florescer.


As árvores escolheram as estações outono, verão e primavera. Porém, ficou faltando o inverno.

Então Deus falou que precisava de pelo menos uma árvore para embelezar o inverno. Todas ficaram em silêncio. Até que uma árvore quietinha ao fundo respondeu: Eu vou!

Essa árvore se chamava Ipê. É uma linda árvore que floresce com tempo seco e frio, e tem uma linhagem enorme!

Suas cores são: Branco, amarelo, rosa, roxo, púrpura, etc. Ou seja, essas árvores não apenas florescem no inverno como também o deixam muito colorido!


Trazendo essa fábula para nossa realidade, podemos refletir sobre os invernos (problemas) que passamos na vida e dos quais, muitas vezes, preferimos fugir ou nos vitimizar, ao invés de encarar e tirar algo de bom das frias (tristes e duras) experiências.

Todos nós passamos por momentos difíceis e precisamos sim viver o luto das perdas e as tristezas das decepções, mas façamos isso com tempo certo para duração do sofrimento.

Preferencialmente, o mínimo possível! Ainda que você oscile muito entre os altos e baixos, dê um tempo limite para a duração tristeza e depois volte a florescer, mesmo que ainda esteja frio.


A vida fica mais leve e colorida quando resolvemos trilhar os caminhos mais difíceis com resiliência.

Assim percebemos que temos muito mais cores escondidas do que podemos imaginar, apenas à espera de uma atitude corajosa nossa para florir e colorir todos os invernos.

No caso do Ipê, o estresse causado pelo frio, faz com que a planta “entenda” que seu fim está próximo, e busca produzir o máximo de sementes para deixar descendentes. E no nosso caso, talvez o estresse também seja um sinal para nos lembrar de focar no nosso legado (propósito) que deixaremos em vida.

Quando ouvimos a voz de Deus (ou do Universo) e fazemos a vontade dele, recebemos muito mais daquilo que pedimos ou pensamos.


Direitos autorais da imagem de capa: pixabay / 3526230





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.