Notícias

Sem beijo gay, ator se despede de Além da Ilusão: “Feliz demais”

Foto: Reprodução.
Sem beijo gay ator se despede de Alem da Ilusao

O ator Michel Blois usou o Instagram para se despedir oficialmente do Leopoldo de Além da Ilusão nesta sexta (24).

O ator deixou a novela das seis da Globo sem o esperado beijo entre o gerente da Rádio Alô Alô Campos e o galã Plínio (Nikolas Antunes).

A sequência era esperada pelos fãs do folhetim de Alessandra Poggi, mas acabou censurada em 14 de junho. Os personagens trocaram carinhos longe do público, por conta de uma intervenção de Arminda (Caroline Dallarosa). “O horário não permite”, justificou ela, ao arrastar Inácio (Ricky Tavares) para longe do casal.

A situação irritou espectadores da novela, que repercutiram o corte nas redes, sobretudo pelo fato de ter ocorrido justamente no mês do Orgulho LGBTQIA+. Outras novelas, como Orgulho e Paixão (2018) e Malhação: Vidas Brasileiras (2018), já mostraram beijos entre pessoas do mesmo sexo no horário.

Na publicação de despedida, Michel não citou a ausência do beijo e surgiu ao lado de Ricky Tavares, Nikolas Antunes e Caroline Dallarosa. “Fotinho pra fechar esse ciclo”, escreveu o ator, que comemorou a atuação na novela e agradeceu a autora.

“Feliz demais por ter feito Além da Ilusão, novela lindamente escrita por Alessandra Poggi. Obrigado por me presentear com o Leopoldo, todo meu amor por você”, publicou.

Ele também agradeceu os diretores e outros profissionais envolvidos na trama global. “Amo vocês! Continuarei assistindo a novela e aplaudindo vocês!”, concluiu Michel.

Na história, Leopoldo embarcou em um trem ao lado de Plínio após escapar de uma internação de “cura gay” proposta à força por seu pai, Francisco (Shimon Nahmias). Na quarta-feira (23), o ator Nikolas Antunes também se despediu da novela ao publicar uma foto do casal na última gravação.

Além da Ilusão vai ao ar de segunda a sábado na faixa das 18h. A novela protagonizada por Larissa Manoela será substituída em 22 de agosto por Mar do Sertão, escrita por Mario Teixeira.