Comportamento

Sem dinheiro para pagar documento, idoso oferece 3 maços de coentro, e é atendido gratuitamente

A atitude do idoso repercutiu nas redes e tocou o coração de muitas pessoas. Confira!



A simplicidade e humildade de algumas pessoas são realmente tocantes e nos mostram que, apesar de uma vida financeira bem-sucedida ser algo muito bom, um de nossos maiores tesouros é o nosso caráter.

Em muitos momentos, nós nos surpreendemos ao perceber que as pessoas mais desprovidas de dinheiro são algumas das que mais fazem questão de manter sua dignidade, fazendo o que está ao seu alcance para sempre atingir seus objetivos.

Há alguns dias, contamos por aqui sobre um idoso que levou galinhas como forma de pagamento de uma operação que precisava fazer, e hoje trazemos outro caso que gerou comoção similar por exaltar uma das características mais importantes de personalidade: a honestidade.


Um tempo atrás, um idoso de El Salvador recebeu bastante carinho nas redes sociais por conta de uma atitude muito espontânea, que repercutiu. Segundo contado pelo El Heraldo de México, um idoso, na faixa de 80 anos, chamado Amadeo Cabrera, procurou o serviço público de sua cidade para expedir uma certidão de nascimento.

No entanto, ele não tinha dinheiro para pagar pelo documento. Para resolver o seu problema, ele pensou em algo bastante simples, mas poderoso. Pegou aquilo que de mais valioso tinha e ofereceu para o funcionário que o atendeu: três maços de coentro.

O senhor, que provavelmente tinha uma origem rural, aprendeu a estimar muito os frutos do próprio trabalho, então ofereceu a verdura com a plena convicção de que seria vista como suficiente. O seu gesto, de pureza e muita humildade, tocou profundamente o coração do funcionário do local, que decidiu pagar pelo documento, fazendo com que fosse gratuito para o humilde camponês.

Atitudes como a do idoso nos fazem enxergar que ainda existem muitas pessoas de alma pura no mundo, que não se deixam corromper pelo apego excessivo aos bens materiais e sabem que um maço de coentro pode ter tanto valor quanto dinheiro.


E ações como a do funcionário do local, que ao invés de repreender o senhor ou de tratá-lo mal por não ter dinheiro, optou pela generosidade de pagar o documento para ele, mostra-nos que há sempre alguém disposto a fazer a diferença na vida de quem está precisando. Que mais atitudes de gentileza como essa se tornem presentes em nosso dia a dia!

Idoso de 81 anos perde cabana em que viveu em incêndio, e população arrecada R$ 100 mil para ajudá-lo

Artigo Anterior

Solteira há quase 8 anos, Maytê Piragibe não cede à pressão do casamento: “Prefiro minha liberdade”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.