3min. de leitura

SEMPRE TIVE GRANDES AMORES, MAS VOCÊ FOI O MAIOR!

Sempre tive grandes amores na vida, cada um teve sua fase, sua importância.


Meu primeiro amor era da pré-escola, o outro da escola e era o mais inteligente e bonito, o do clube o mais popular entre as meninas, outro quando me tornei adolescente e vivia escrevendo cartinhas, e outro até me tornar mulher e conhecer realmente o que é amor.

Mas foi quando me tornei mulher que a coisa toda mudou.

Tive grandes amores aqui e ali que achei que durariam para sempre, mas você foi de longe o mais intenso, com você foi diferente, eu sinto que será para sempre o maior de todos. Foi que mais me arrancou sorriso e suspiros e também o que mais me fez sofrer chorar, e por consequência de sentir todo o meu chão ruir, eu foi me fechando.
A dor persistiu em ficar muito, muito tempo, mas ao final de tudo passou. Fiquei feliz por ter passado a dor das feridas que você deixou, e então achei que estava preparada novamente para um grande amor.


Encontrei o cara. Era perfeito! Era do jeito que gostava, tinha brilho nos olhos, sorriso nos lábios humildade na alma e amor em no coração, ele fazia tudo por mim, até mais do que eu pedia e merecia, mas não era suficiente, não era você.

Com tudo que você me fez passar, sem eu ao menos perceber criei uma camada de pedra ao redor do meu coração e descobri que todos que chegassem perto de mim, teria que lapidar muito meu coração para conseguir arrancar uma lasca para poder tocá-lo.


Não me sentia bem por fazê-los sofrer desse jeito. Sei que coração tem que ser conquistados e merecidos sim, mas eu não estava pronta para deixar alguém fazer isso, foi então que pedi a Deus: “Senhor, permita-me deixar outra pessoa entrar em minha vida, e meu coração, pois o Senhor sabe o quanto tenho sofrido por impedir inconscientemente ou talvez por medo de me machucar novamente, que cheguem até mim e quebrem esse escudo de pedra entorno ao meu coração.”

Depois disso eu descobri que estava procurando nos homens o que somente Deus poderia me dar.

E o cara? Ah, ele continuou sendo o meu grande amor de uma história linda, mas que um dia teve fim.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.