5min. de leitura

Ser bonzinho demais pode contribuir para a depressão. O que fazer para evitar essa realidade?

Nosso mundo é feito de diferenças, que se aplicam também às pessoas que conhecemos e nos relacionamos.


Muitos de nós somos puro amor, e gostamos de compartilhá-lo com aqueles que são importantes em nossas vidas. No entanto, nem sempre esse hábito é bem visto ou aceito por todos.

Algumas pessoas se aproveitam de nosso grande coração e não valorizam nossas amizades, e por mais que tenhamos o objetivo de fazer o bem, alguns limites não devem ser cruzados.

Em seu entendimento, você pode sentir que ao ser compreensivo e muitas vezes até tolerante em excesso, está fazendo um favor à humanidade. E, provavelmente, realmente esteja. Mas, pare um segundo para pensar no preço que essa atitude cobra de você.  Na maioria das vezes você está se prejudicando, porque por mais que deseje ser amável, nada justifica o mau trato e desvalorização de suas qualidades em favor de outro alguém.

As pessoas que sofrem de depressão costumam conservar o hábito da validação. Dessa forma, com o objetivo de terem sempre alguém ao seu lado, fazem de tudo para serem aceitos e se esquecem do próprio valor.


O fato é que não importa o quanto nos esforcemos para ser nosso melhor possível, sempre estaremos sujeitos às críticas e à negatividade daqueles que não encontram sua luz própria.

Aqueles que passam por essas situações, geralmente, aprendem a desvalorizar seu próprio valor e moldar suas vidas de acordo com o que parece certo para os outros ao seu redor. Eles sufocam suas opiniões e as substituem pelas de pessoas que consideram realizadas e experientes. Vivem em um mundo falso, porque nunca foram encorajadas a criarem o seu próprio.

Essa realidade de vida pode gerar resultados tristes e  até mesmo trágicos, pois muitas pessoas optam por terminarem suas vidas, ao invés de  lidarem com manipulação, insegurança e infelicidade geradas pela falta de amor-próprio e necessidade de aprovação.


Se você conhece alguém que vive assim ou se você mesmo passa por isso, por favor mantenha sempre em sua mente que você importa, você tem um grande valor para esse mundo. Você não chegou aqui por acaso e sua presença já é suficiente para mudar o mundo.

Faça de si mesmo a sua principal prioridade e tenha como meta cuidar de seu bem-estar e felicidade. Você sempre será o seu melhor amigo, apesar das tentativas de ser agradável para os outros. Cuide-se, o amor e atenção investidos em si mesmo nunca serão desperdiçados.

Foque em si mesmo e em sua felicidade, porque quanto mais nós nos doamos aos outros, menos recebemos de volta, é assim que as coisas são. As pessoas tendem a desvalorizar as coisas que obtém com muita facilidade.

A verdade é que, nem quando começamos a trabalhar em nós mesmos e nos tratamos bem, conseguimos a aprovação total dos outros. Isso porque nos chamarão de egoístas. Muitos se afastarão e  dirão que somos falsos. Apesar das dificuldades, não se arrependa e não desista de ser  sua prioridade. Seja confiante e acredite em sua vitória!

Dedique tempo para conhecer a si mesmo, verdadeiramente. Dessa forma, você vai entender coisas que sempre foram um mistério em sua vida e alcançará um estado de paz que vem quando abandonamos influências negativas e nos voltamos para a saúde e iluminação de nossas mentes e vidas.

Isso nunca fará mal, então, abandone os aproveitadores, valorize-se mais, você é um ser humano ímpar e com o propósito de ser feliz!





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.