AtitudeEnergiasLei da AtraçãoVida

Ser – fazer – ter

Quase todas as pessoas acham que se “têm” uma coisa (mais tempo, dinheiro, amor, etc.), podem finalmente “fazer” outra (escrever um livro, ter um passatempo, tirar férias, comprar uma casa, ter um relacionamento), o que lhes permitirão “ser” algo (felizes, tranquilas, alegres ou apaixonadas).



Na verdade, estão invertendo o paradigma Ser-Fazer-Ter.

No Universo o que realmente ocorre

(ao contrário do que pensam)


é que…

o “ATO DE TER” não produz o “ATO DE SER”,

mas o “ATO DE SER” produz o “ATO DE TER”.

SER-FAZER-TER


Primeiro você “é” o que chama de “feliz” (ou “inteligente”, “sábio”, “compassivo”, ou seja lá o que for), depois começa a “fazer” coisas de acordo com esse modo de ser, e logo descobre que aquilo que está fazendo lhe proporciona as coisas que sempre desejou “ter”.

A forma de iniciar esse processo criativo (e é isso que é… o processo de criação) é pensar no que você deseja “ter”, perguntar-se o que acha que “seria” se o “tivesse” e começar imediatamente a sê-lo.

Assim, você inverte o modo pelo qual tem usado o paradigma Ser-Fazer-Ter, na verdade,

começa a usá-lo do modo correto e aumenta, não diminui, o poder criativo do Universo.


Fonte: Gratidão: Poder Universal

O que fazer quando estão te julgando?

Artigo Anterior

Uma linda declaração de amor…

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.