ColunistasMulheres

Ser mulher… “ser feliz”… – sou aquilo que sempre quis ser: forte!

MULHERRR

Ser Feliz, é um estado de alma, é algo que está imbuído em nós e nas ações que fazemos de e para nós todos os dias, desde o acordar ao deitar. Não podemos responsabilizar nada nem ninguém pela nossa felicidade, tal como não escolhemos os nossos progenitores. Ser feliz, começa por nos sentirmos bem com a mente e com o corpo que carregamos, termos equilíbrio físico e fisiológico, emanarmos bem-estar.



É com frequência que escuto as pessoas ao meu redor dizerem que gostam da minha companhia, porque nunca estou triste, ou zangada…no entanto a vida nem sempre me foi favorável, porque eu mesma estava em construção e não sabia buscar o que precisava para ser feliz.

Casei cedo, aos 20 anos, fui mãe quase aos 22, e nessa busca pelo príncipe encantado, saiu-me o carrasco na rifa que escolhi…de violência física à psicológica, a soma foi brutal e o meu sorriso de menina esmoreceu e vi-me com um lindo filho nas mãos para criar.

mulherrr


Olhei para mim, um dia após ser brutalmente espancada e disse para a outra no espelho, vamos lá, seca as lágrimas e veste um sorriso para o teu filho e faz-te à vida!

Voltei a estudar e somei em simultâneo dois cursos, uma profissão e um filho para crescermos juntos. Ou seja, em vez de me lamentar eu soube reagir…afinal só tinha 24 anos e com essa idade temos força para conquistar o infinito…

Aos 27, voltei a olhar-me como mulher, mais madura, mais esperta, achava eu e dei nova oportunidade à crença de que o amor existe e há histórias felizes por aí…

Desta vez, o príncipe levou quase 18 anos a virar sapo…nem tudo foi mau, mas entrelinhas do tempo somei tristeza por me dar conta que eu estava a permitir pela segunda vez na vida que me faltassem ao respeito. Com isto veio uma doença atroz chamada febre reumática acrescida de fibromialgia e depois um AVC.


Pensam que me acomodei? Isso é para aqueles que não se amam… Gosto muito de mim, e sobretudo gosto de ser mãe, pois ao escolher ter dois filhos sou responsável por outras vidas e isso sempre me fez acreditar em mim e no que sou capaz de fazer como leoa desta selva onde habitamos.

Hoje aos 51 anos, não permito que homem algum me trate mal, não permito que a doença se instale em mim, continuo a ser a mãe leoa, mas a deixar as crias serem donas do seu próprio destino.

Sou aquilo que sempre quis ser, forte, guardei lágrimas por uma vida toda, pois não tinha tempo para chorar. No entanto, bem escondido algures, pelos construtores do destino havia um Rei Africano que me estava destinado desde que nasci.

Hoje, acredito que tudo o que vivi, aconteceu porque eu o permiti, dos momentos bons aos maus, todas as escolhas foram minhas, apenas eu pude decidir o que permitia ou não. E nesta maturidade que carrego, feita de sonhos, dores, vidas paridas e sorrisos, sou uma fortaleza e como todas as muralhas, tenho brechas, pequenas fendas, mas continuo de pé.


Deixar de ser feliz? Nunca, porque a escolha é minha e somente minha, por isso decidi que Feliz é o meu estado, hoje e sempre.

E nesta tomada de posse pela felicidade o rei, escolheu-me para rainha e juntos, separámos os espinhos e somos vizinhos de vida, respeitando a individualidade de cada um, porque é a falta de respeito e a invasão de individualidade que destrói a vida a dois…

Seja você feliz também… a escolha é apenas sua. Atreva-se…

Dedico esta crónica a cada mulher que a ler, á Dr. Mônica Barroso e à D. Maria da Penha, uma mulher fantástica que tal como eu não se acomodou.


Paula Mouta

 

OFEREÇAM FLORES… – Ofereçam flores à vossa mulher. Mas ofereçam também beijos E abraços, enfeitados Com esvoaçantes borboletas. Ofereçam olhares Carregados de palavras quentes, Onde as estrelas se entreolhem, Se ruborizem e suspirem. Ofereçam apenas o possível. De que vale oferecer O que não passará de promessa ? Ofereçam sorrisos à vossa mulher. Hoje e amanhã. Ontem até, Se, por acaso, ainda for possível ! – Rui Manuel – Cuca /Maio 2016 


Pensar grande gasta a mesma energia que pensar pequeno, então, expanda seus pensamentos!

Artigo Anterior

Você não é o seu dia que deu errado!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.