ColunistasRelacionamentos

Será que ela(e) me ama mais ou somente ama de uma maneira diferente?

Será que elae me ama mais ou somente ama de uma maneira diferente 1

Sou daquelas pessoas que morreria de amor por alguém, mas já somos sábios suficientes para saber que ninguém morre de amor mesmo, não é?!



O que quero dizer é que sou daqueles que quando gostam fazem de tudo por alguém, aqueles apaixonados de verdade, intensos de forma extrema e raros românticos perdidos.

Então, encontrar pessoas iguais é impossível, e até mesmo com a mesma intensidade parece uma tarefa super difícil, pois afinal queremos ser amados da mesma maneira que amamos.

Mas será que se a pessoa for menos intensa quer dizer que ela nos ame menos?!


Aprendi com todas as relações que tive e entendi que não é assim que funciona. Então se você está com alguém que é menos intenso, que demonstre menos, que não grite para o mundo, saiba que essa pessoa te ama apenas de uma forma diferente, mas tanto quanto você a ama!

Ela(e) vai amar as surpresas imensas que você faz, flores, cartões, cupcakes, jantares românticos, lugares com vistas de tirar o fôlego, mas vai também ama os simples momentos com a mesma intensidade, como ver uma série no sofá, pedir uma pizza em casa, ficar de pijama e preguiça o dia inteiro e até mesmo ir no supermercado comprar cereais para jantar!

O amor dessa pessoa é tão puro quanto o seu, porém ela pode não falar aquela frase tão gostosa e temida que queremos e não queremos escutar e falar, no jantar romântico ou quanto estiverem em frente a Torre Eiffel, mas quando vocês forem na feira para comprar vegetais, ela do seu lado vai falar:

Ah só quero que você saiba, mas EU TE AMO!


Você claro faria diferente, seria em um jantar romântico surpresa em frente aos Alpes Suíços e olhando nos olhos da pessoa, pegaria na mão dela e falaria: EU TE AMO!

Então é aqui que eu quero que você entenda, que não tem jeito certo ou errado de fazer, e que todas as formas são formas de amor, amores amados, falados e expressados de formas diferentes.

Pois, afinal, todos somos únicos, assim como o amor!

_________


Direitos autorais da imagem de capa: mikelaptev / 123RF Imagens

O amor de mãe é uma amostra do amor de Deus.

Artigo Anterior

Medo, insegurança, desconhecimento ou comodismo?

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.