Notícias

Sérgio Hondjakoff inicia novo tratamento contra o vício em drogas

Foto: Instagram
Sérgio Hondjakoff inicia novo tratamento contra o vício em drogas

O ator Sérgio Hondjakoff, mais conhecido por interpretar Cabeção, em “Malhação”, vai iniciar novo tratamento para conter o vício em drogas.

Ele recebeu ajuda de amigos, como Bruno Gagliasso, Kayky Brito e Rafael Ilha, que foram essenciais para ele começar a nova etapa de sua vida.

Segundo a reportagem do jornalista Cadu Safner, Sérgio Hondjakoff já está sob os cuidados do terapeuta Sandro Barros, indicado pelos famosos que deram suporte ao ator. “Falei com ele e como terapeuta, eu entendi suas questões”, disse o profissional.

“Ele me recebeu bem porque fui indicado. Conheço o Kayky Brito tem mais de 20 anos, sou amigo do Bruno e também teve o Rafael Ilha. O Sérgio estava disposto a conversar. Foram essas três pessoas que fizeram com que ele me atendesse”, falou Sandro.

Na entrevista, o terapeuta disse como será feito o tratamento com Sérgio Hondjakoff: “O meu consultório é o cotidiano. O trabalho de acompanhante terapêutico não dá para ser feito on-line. O que eu faço é levar para passear, fazer um esporte, mas cada caso é um caso. Quando a gente fala de comportamento humano, é um cronograma diferente para cada um. Tem paciente que quer correr na praia, tem aquele que quer andar de skate, jogar futevôlei.”, detalhou.

“E será assim com Serginho. Vou descobrir o que ele gosta de fazer, criar um cronograma que ele goste de praticar, mas sobretudo, eu preciso trabalhar o três pilares: alimentação, sono e atividade física. Quem está nas drogas não come direito, não dorme direito e não faz esporte. O sono tem função reparadora, alimentação também, precisa comer no horário e fazer atividade física”, explicou.

No passado, Sandro Barros também precisou enfrentar uma batalha contra o vício em drogas por mais de 20 anos. Ele teve três overdoses e uma tentativa de suicídio. “Eu tenho um tripé: a espiritualidade desenvolvida, técnicas de cursos e treinamentos, tudo que eu estudei e me preparei, a expertise da minha vivência, pois eu passei por isso. Como eu já passei por isso, as pessoas me dão autoridade no assunto”, ressaltou o terapeuta.


Se estiver passando por crises de depressão e precisar de ajuda, não hesite em discar 188. Este é o número da parceria entre o Centro de Valorização da Vida com o Ministério da Saúde. A ligação é gratuita.

Também é possível encontrar atendimento no endereço eletrônico: www.cvv.org.br para chat, Skype, e-mail e mais informações. Para contatar o SAMU, disque 192. Atendimentos também são realizados nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA), Pronto-Socorro e Hospitais.

0 %