Notícias

Sérgio Reis diz que se arrepende de vídeo, mas nega medo de ser preso

O cantor e ex-deputado Sérgio Reis voltou a ser assunto depois de ter um vídeo viralizado nas redes sociais e aplicativos de mensagem.



Nas imagens, ele aparece convocando uma greve de caminhoneiros para pressionar o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal (STF).

A gravação, desde então, se tornou alvo de críticas e investigações. Membros do Ministério Público Federal (MPF) pediram apuração sobre o caso. Por causa do áudio, o Metrópoles apurou que também foi aberto um inquérito no Departamento de Combate à Corrupção (Decor).

Em entrevista ao jornal O Globo, o cantor disse que se arrependeu. “Eu estava conversando com um amigo. Era tudo brincadeira. Ele postou no grupinho dele e aquilo foi para fora. E isso me prejudicou muito. Não era a minha intenção”, afirmou. “Não temos que quebrar nada. Tem que fazer uma passeata serena, sem briga. Sem nada. Eu me arrependo demais de ter falado com um amigo. Amigo da onça, sabe como é”, continuou.


No entanto, Reis defende a realização de manifestações contra o STF. “Não sou eu que decido. Essas coisas que os ministros estão fazendo prejudicam muita gente. Soltar bandido? Isso não pode. Ou a lei é cumprida ou não é. Eu não sou juiz. Eu sou um cara do povo. Como povo, eu acho que tinha que ter o impeachment.”

Mesmo com as repercussão negativa das declarações, o ex-deputado federal afirmou que não teme ser preso. “Eu não tenho medo de ser preso. Não sou frouxo. Não sou mulher. Cadeia é para homem”, disse.

Crise de diabetes e deprimido

O cantor Sérgio Reis está com crise de diabetes e deprimido após a repercussão do áudio em que o cantor afirma que caminhoneiros parariam o país em setembro, financiados por produtores de soja, até que o Senado afastasse os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) de seus cargos.


No áudio enviado para um amigo, ele diz que, “se em 30 dias não tirar os caras, nós vamos invadir, quebrar tudo e tirar os caras na marra. Pronto. É assim que vai ser. E a coisa está séria”.

Reis revelou também que teve uma reunião com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e com os militares do Exército, da Marinha e da Aeronáutica para informar o que faria.

O artista disse no áudio que essa manifestação seria para que o Senado aprove o voto impresso e afaste os ministros do STF. “Não é um pedido, é uma ordem. Assim que eu vou falar com o presidente do Senado”, afirmou.

Sérgio Reis já havia divulgado um vídeo nas redes sociais, convidando apoiadores do presidente Bolsonaro para os protestos em Brasília e outras cidades, marcados para o dia 7 de setembro.


A mulher do cantor, Ângela Bavini, contou ao jornal Folha de S.Paulo que “ele está muito triste e depressivo porque foi mal interpretado. Ele quer apenas ajudar a população. Está magoado demais”.

“O Sérgio foi induzido por pessoas que dizem estar em um movimento tranquilo. No fim, todo mundo vaza [some], e sobra para ele, que é uma celebridade”, continuou ela.

Bavini também afirmou que sempre se colocou contra o envolvimento do marido em movimentos políticos e tentou alertá-lo sobre as consequências. A repercussão do áudio estaria fazendo com que ele “caísse na real” sobre participar de forma direta desses movimentos.

“Ele é querido e amado pelo Brasil inteiro, de direita, de esquerda”, declarou a esposa de Reis.


De acordo com ela, o cantor “falou no impulso” em conversa que iria invadir o STF e quebrar tudo e que jamais pensou em fazer isso. Ângela se mostrou contrariada pela conversa informal ter sido divulgada sem o conhecimento do marido.

A mulher revelou que Sérgio Reis se recolheu para descansar por orientação médica. Ele também foi aconselhado por advogados a não dar entrevistar ou falar com amigos, para evitar maiores aborrecimentos.

“A diabetes dele subiu que é uma barbaridade”, diz Bavini, relatando que o motivo teria sido a situação de estresse. “O Sérgio, às vezes, não tem noção do nome dele, do tamanho dele”, continuou.

Ângela Bavini afirmou que está ao lado do marido e está dando todo o carinho possível a ele até que as coisas se acalmem novamente.


Apenas as pessoas com percepção muito desenvolvida conseguem achar a esposa do fazendeiro na imagem

Artigo Anterior

MP denuncia capitão da PM que foi preso após mensagens para garoto ir a motel, em Rio Verde

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.