Notícias

Sérgio Reis nega participação em nova “Pantanal” para não dar Ibope à Globo

Foto: Instagram
capa sergio

Sérgio Reis afirmou que não participaria da nova versão de “Pantanal” por não querer se aliar à Globo, que produz a novela.

Em entrevista, o cantor sertanejo disse que não pretende ajudar a emissora em nada.

Ele participou da primeira versão da novela de Bendito Ruy Barbosa nos anos 1990, na Manchete, como o personagem Tibério, atualmente interpretado por Guito.

Uma outra curiosidade é que o autor ficava hospedado em sua fazenda, no Pantanal, na época em que a trama original era escrita.

Apesar da afirmação, ele negou ter sido chamado pela TV Globo por culpa de sua posição política.

Eu sou Bolsonaro. Quem é Bolsonaro eles não põem. Entendeu? Aí eu não vou. Não vai acrescentar nada à minha vida. Não quero fazer nada com a Globo“, afirmou o cantor.

Só assiste mesmo

Na estrevista, ele declarou que assiste a atual versão da novela, mas reclamou que mudaram muito a história. “O Tibério é por sinal um bom ator, bigodudo, bom para cacete [refere-se a Guito, ator revelação da novela]. Eu o vi conversando com José Leôncio sentado na mesa. Isso nunca teve, nunca sentei para conversar com ele.”

almir sergio

Direitos autorais: Reprodução

Polêmica

Sérgio Reis foi parar nos assuntos da época, em agosto de 2021, após se envolver em uma verdadeira polêmica.

Acontece que o cantor teve um áudio seu vazado, em que afirma que os caminhoneiros parariam o país, com o apoio dos produtores de soja, caso o STF (Supremo Tribunal Federal) não afastasse todos os ministros de seu cargo.

Se em 30 dias não tirar os caras, nós vamos invadir, quebrar tudo e tirar os caras na marra. Pronto. É assim que vai ser. E a coisa está séria“, diz o cantor.

O objetivo da manifestação era trazer de volta o voto impresso, cuja PEC (Proposta de Emenda à Constituição) foi rejeitada na Câmara dos Deputados recentemente – a medida precisava de, no mínimo, 308 votos favoráveis para ser aprovada, porém recebeu apenas 229. “Não é um pedido, é uma ordem. Assim que eu vou falar com o presidente do Senado“, garantiu ele.

0 %