Seria o yoga um antidepressivo eficaz? descubra!

8min. de leitura

Apesar de vivermos em um mundo cada dia mais estressante, a busca pela felicidade sempre deve estar em nosso horizonte.



Mesmo com a rotina corrida e a falta de tempo é importante não deixarmos de lado as coisas mais importantes da vida.

O autoconhecimento, o desenvolvimento pessoal e espiritual é o horizonte que devemos vislumbrar. O yoga tem se mostrado um importante caminho para aqueles que procuram o equilíbrio entre a mente e o corpo.

Descubra a seguir os benefícios dessa filosofia e os efeitos do yoga antidepressivo. Vamos lá?

O que é yoga?

O yoga é uma filosofia que surgiu na Índia e possui em sua base uma forte influência do hinduísmo e do budismo. O termo tem origem no sânscrito e se origina da raiz “yuj’, que quer dizer totalizar, unir, integrar.


O principal objetivo dessa filosofia é fornecer a sensação de bem-estar, silenciando a mente. Acredita-se que se consiga essa sensação por meio da integração do ser, que é alcançada por meio de diferentes técnicas:

  • Concentração da mente (Dhyana)
  • Meditação
  • Motilidade e postura (asanas)
  • Respiração (paranayama)
  • Controle muscular (Bandhas)
  • Gestos reflexológicos (Mudras)
  • Relaxamento profundo (Nidra)
  • Purificação do corpo (Kriyas)
  • Palavras do poder (Mantras)

O conjunto dessas diferentes técnicas te possibilita encontrar o equilíbrio entre corpo e mente. Existem diferentes vertentes de yoga, mas todas buscam e fornecem as ferramentas para você alcançar o mesmo objetivo.


Quais os benefícios para a saúde?

Os benefícios que essa filosofia de vida fornece para a saúde são inúmeros. Afinal, o seu propósito maior é o equilíbrio. A sua prática vem se expandindo e cada vez mais o número de praticantes cresce. Isso se deu no Brasil principalmente com a introdução da Academia da Saúde na atenção básica do Sistema Único de Saúde (SUS), que introduziu o yoga como prática terapêutica.


Junto ao aumento do número de praticantes, também ocorreu o aumento de pesquisas científicas que possuem o objetivo de estudar os benefícios desse conjunto de práticas à saúde.

Entre essas descobertas estão os benefícios para os problemas cardiovasculares e hipertensão, diabetes e, principalmente as questões relacionadas à saúde mental e seus efeitos antidepressivos.


Yoga antidepressivo?

A falta de tempo, a pressão no trabalho e o trânsito intenso têm gerado cada vez mais pessoas estressadas, com problemas emocionais. Entre esses problemas, a frustração em relação de como a vida profissional atribulada toma o espaço da vida pessoal é um dos grandes vilões.

Esse cotidiano massante leva, a cada dia, a um número maior de pessoas com a sua saúde mental afetada de forma grave, podendo o quadro evoluir para uma depressão.

Esclarecemos para você o que é o yoga e os seus benefícios de forma geral para a saúde. A seguir, informe-se sobre a depressão, a principal doença mental contemporânea e o como a prática pode ajudar na prevenção e no tratamento da doença.

O que é depressão?

A depressão é um doença que afeta a humanidade desde o seus primórdios. Existem muitas divergências teóricas em relação ao que, de fato, causaria a doença. O que se sabe é que é um problema grave, que possui influências biológicas, sociais e pessoais.

Entre os seus principais sintomas estão a baixa autoestima, falta de interesse em socializar, ansiedade, angústia, indecisão, medo imotivado etc.

Atualmente, lançar mão do uso de medicamentos tem sido o tratamento mais comum a essa patologia. Mas seria a única alternativa?

O antidepressivo yoga

Existem diversas pesquisas hoje que apontam a prática da yoga como um importante auxiliar no tratamento da depressão e seus sintomas. Entretanto, nos casos mais graves, não se pode dispensar o uso da medicação. O que essas pesquisas apontam?

Efeito ansiolítico:

​O All India Institute of Medical Sciences, em seu departamento de psiquiatria, estudou os efeitos do yoga em sua atuação no Sistema Nervoso Central (SNC). Eles compararam os efeitos calmantes de quem o pratica com que faz o uso de ansiolíticos.

Os resultados indicaram que o grupo de pessoas que fez yoga teve a sua pontuação na escala de ansiedade, consideravelmente diminuída. Já o grupo que utilizou a medicação não obteve o mesmo resultado.

Aumenta o nível do aminoácido GABA:

​Pesquisadores da Universidade de Boston concluíram que a prática do yoga produz o aumento da produção do aminoácido GABA. Essa substância ajuda a dar a sensação de tranquilidade para a mente. Já que ele é um importante neurotransmissor que, com sua ação inibitória do SNC, relaxa as células do cérebro. Indivíduos que são acometidos por depressão têm uma diminuição importante dos níveis desse neurotransmissor.


As principais técnicas antidepressivas do yoga

As pesquisas apontam o importante efeito antidepressivo do exercício dessa filosofia, mas quais seriam as principais técnicas para esse objetivo? Destacamos para você duas das principais técnicas:

Adhama Pranayama: respiração tranquilizante

1. ​Deitado em um local confortável coloque as mãos em cima do abdômen e sinta os movimentos do diafragma durante a respiração. Faça isso durante dez respirações e inspire e expire somente pelo nariz.

2. Sem fazer muito esforço assuma o controle do processo respiratório. Quando esvaziar os pulmões, procure expirar um pouco mais, de forma que o seu ventre se contraia. Logo depois inspire com calma, de forma que, conscientemente, você consinta que seu abdômen se expanda.

3. Faça isso durante 20 vezes, mas tente não ficar contando, diversamente disso, repita mentalmente algo como ‘estou expirando’ e ‘estou inspirando’. Isso aprofundará o efeito relaxante.

Samavritti Pranayama: respiração para meditação

​1. Sente-se em um local silencioso, confortável, de forma ereta e com as pernas cruzadas. Em uma almofada apoie o quadril e no chão apoie os pé.

2. Inicie observando a respiração de forma livre e, aos poucos, prolongue o tempo de inspiração e expiração. Não se preocupe em contar o tempo, mas observe o

3. intervalo entre uma entrada de ar e uma saída de ar. De forma que isso se repita da mesma forma.

Se esse intervalo de tempo não estiver causando nenhum desconforto mental ou físico continue até conseguir alcançar um relaxamento profundo.

Apesar de todos os desafios cotidianos, o equilíbrio e a felicidade estão ao alcance das nossas mãos. Basta termos a atitude de buscar as ferramentas que nos possibilitarão a integração do ser em harmonia com mundo em que vivemos. Consequentemente, estaremos no caminho do crescimento pessoal. O yoga é uma importante filosofia para essa caminhada.

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe aqui nos comentários a sua experiência com a prática do yoga antidepressivo e os benefícios que ela trouxe para a sua vida!

 

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.