Série reúne mudanças de paisagem nas marés baixas e altas do mar

Não há melhor sensação que contemplar e usufruir de belas paisagens mundo afora quando estamos viajando, mas para muitos viajantes, o pouco tempo de estadia não é suficiente para conseguir presenciar a maré baixa e alta do mar, o que é uma pena, pois quase sempre a paisagem muda drasticamente com a diferença de algumas horas.

Movido por essa curiosidade, desde 2003 o fotógrafo Michael Marten explora as diferentes partes da costa britânica para registrar a partir de pontos de vista idênticos a maré alta e baixa, com seis ou 18 horas de intervalo entre as fotos. As imagens registram dois momentos no tempo, dois estados da natureza que culminaram em um belo livro intitulado Sea Change.

O que faz as fotografias se mostrarem tão atraentes é por podermos analisar calmamente as inúmeras diferenças entre as paisagens, que brincam com a nossa noção de perspectiva e profundidade.

“Uma sensação de ameaça, bem como um dos milagres atendidos pelas imagens de Marten. As pessoas que enchem suas praias na maré baixa, muitas vezes ainda parecem estar lá na maré alta, de forma invisível em suas posições fixas, fatalmente engolidas por metros de mar”. Robert Macfarlane, na introdução do livro. Veja algumas das imagens:
seachange1
Solway Firth, Cornwall – 27 e 28 de Março 2006, 5h20 maré baixa e 12h maré alta
seachange2
Crosby, Liverpool – 5 e 7 Abril 2008, 12h maré alta e 9h maré baixa
seachange3
Worms Head, Glamorgan – 25 de Junho 2005, 9h45 maré alta e 16h maré baixa
seachange4
Perranport, Cornwall – 29 e 30 de Agosto 2007, 12h maré baixa e 20h maré alta
seachange5
Blackpool, Lancashire – 16 de Agosto 2010, 11h20 maré baixa e 16h maré alta
seachange6
mares
Perranport, Cornwall – 28 e 29 de Agosto 2007, 6h maré alta e 11h20 maré baixa
mares2
Bedruthan, Cornwall – 25 e 31 de Agosto 2007, 4h30 maré alta e 14h maré baixa
mares4
Estrada das marés para Sunderland Point – 29 e 30 de Março 2010, 6h15 maré baixa e 13h maré alta mares6
Lagoa de aramazenamento de mexilhão, Brancaster Staithe – 10 de Março 2005, 13h maré baixa e 17h30 maré alta
Todas as fotos de @Michael Marten e a da capa do post de Tim Parkin.


Deixe seu comentário