Notícias

Seringa com líquido da vacina contra covid-19 é encontrada no lixo e técnica de enfermagem é investigada

Sem Titulo 1 5

A profissional da área da saúde foi acusada de não aplicar a segunda dose corretamente em um senhor de 87 anos; a seringa foi encontrada no lixo, ainda com o imunizante.



A vacinação contra a covid-19 se tornou uma das mais poderosas armas para que a população cogite retornar à rotina sem medo. No mundo todo, uma força-tarefa para que o máximo de pessoas recebam as doses, o mais rapidamente possível, tem sido feita na esperança de que isso contribua para o fim da crise sanitária e econômica.

Junto com a imunização em massa, muitas denúncias de que algumas pessoas não receberam as doses corretamente também têm surgido. Com muita cautela e investigação aprofundada, os acusados de não aplicar a vacina são afastados de seus cargos, principalmente por conta da delicadeza do momento, que exige honestidade.

Uma técnica de enfermagem foi afastada de seu cargo. A profissional foi denunciada por não aplicar a segunda dose contra a covid-19 em um senhor de 87 anos.


A seringa foi encontrada no lixo, ainda com o líquido do imunizante. Um vídeo do momento em que ele recebe a aplicação foi registrado circula pela internet, mostrando que ela coloca a agulha, mas não injeta o líquido.

A funcionária pública municipal de Itatiba (SP), segundo reportagem do G1, alegou à prefeitura que o vídeo foi editado e que aplicou, sim, a dose. A família do idoso registrou um boletim de ocorrência na delegacia, mostrando as filmagens. De acordo com o secretário de Saúde, Renan Dias Irabi, a funcionária “parecia calma”, quando foi chamada para prestar esclarecimento.

A equipe decidiu fazer uma busca em uma caixa de materiais de descarte, logo após o momento em que o idoso deveria ser vacinado, e encontrou a seringa ainda cheia. A enfermeira responsável explicou que não acreditava em má-fé e que chamaram novamente o senhor para receber o imunizante de forma adequada, e afastou a funcionária até que o caso seja apurado.

O caso foi registrado como infração de medida sanitária preventiva, com o crime de peculato, e instaurado um inquérito policial. Foi apreendido o vídeo e a seringa. Em nota, a prefeitura explica que, até que tudo esteja esclarecido, a técnica em enfermagem permanecerá afastada de suas funções.


A Secretaria de Saúde de Itatiba esclareceu que a funcionária não participou de outras ações vacinais, como os “Vacinaços”, promovidos nos últimos dois fins de semana, no município.

Os órgãos responsáveis acreditam que essa atitude foi isolada e que isso não compromete o esquema de vacinação local.

No Brasil, até o momento, foram aplicados cerca de 38 milhões de doses da vacina contra a covid-19, com 11,2 milhões de pessoas totalmente imunizadas (receberam as duas doses), o que corresponde a 5,3% da população. No país, já ultrapassa 390 mil o número de mortos; abril já se tornou o mês mais letal em mais de um ano de pandemia.

Comente abaixo o que acha e compartilhe este conteúdo nas suas redes sociais!


Vaticano diz que Igreja Católica não pode abençoar uniões de pessoas do mesmo sexo

Artigo Anterior

Youtuber assume autoria de outdoor que pede eliminação de Karol Conká no BBB 21

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.