Pais e Filhos

Seu tempo é o melhor presente que você pode dar para as crianças!

tempo é o melhor presente

Por mais que brinquedos mirabolantes e aparelhos tecnológicos sejam incrivelmente populares nos dias de hoje, o tempo ainda é o melhor presente que uma criança pode receber de seus pais e entes queridos.



O que o torna tão valioso é que não é vendido em qualquer loja, e por mais que não venha em uma embalagem chamativa, os olhos das crianças brilham quando o recebem.

O tempo é um presente que se encontra não em prateleiras, mas dentro de cada um de nós, em nossa atenção, carinho e presença, em cada leitura antes de dormir e nas conversas duradouras, através das quais demonstramos que nada mais é tão importante que estarmos ao seu lado.

As crianças são capazes de perceber o quanto realmente as amamos baseado em quanto tempo dedicamos a estar com elas. A educação, carinho, presença e tempo são fundamentais para a criação de um apego seguro entre pais e filhos, que fortalece a sabedoria emocional na nossa era de constantes mudanças.


A importância da presença dos pais em um história

Já era noite, mas uma criança brigava contra o sono. Estava esperando o pai chegar em casa. Quando o pai chegou, a criança despertou com muita alegria.

Filho: “Pai, posso te fazer uma pergunta?”

Pai: “Sim, filho, o que é?”


Filho: “Pai, quanto dinheiro você faz em uma hora?”, perguntou entusiasmado.

Seu pai cansado e sem paciência, respondeu rudemente.

Pai: “Isso não é da sua conta, por que quer saber?”

Filho: “Só queria saber. Responde, quanto você ganha em uma hora?”


O pai, querendo acabar logo a conversa, respondeu secamente: “100 reais por hora”.

Filho: “Será que você poderia me emprestar 50 reais?” – ele respondeu, já desanimado.

Pai: “Se você só quer saber quanto eu ganho para poder comprar uma coisa para você, está sendo muito egoísta. Eu não passo horas trabalhando para lidar com esse egoísmo tarde da noite, quando estou exausto.”

O garoto, triste, voltou para seu quarto. Quando sua raiva passou, o pai considerou que o filho poderia realmente estar precisando do dinheiro para algo significativo, porque nunca antes tinha pedido dinheiro. Então, foi até o quarto do filho.


Pai: “Você está dormindo, filho?”

Filho: “Não, estou acordado”.

Pai: “Desculpe-me, fui muito duro. Estou cansado e acabei descontando em você. Tome os 50 reais que me pediu.”

Filho: “Muito obrigado, pai!”, respondeu o menino feliz, puxando várias moedas debaixo do seu travesseiro.


Quando o pai viu que o menino já tinha dinheiro, irritou-se novamente.

Pai: “Por que você quer mais dinheiro, se já tem o suficiente?”

Filho: “Porque antes eu não tinha o valor que preciso, mas agora tenho”, respondeu feliz. “Agora já tenho 100 reais. Com esse dinheiro, posso comprar uma hora do seu tempo. Você pode voltar pra casa mais cedo amanhã? Gostaria muito de jantar com você.

O pai, devastado, abraçou seu filho e, chorando, pediu perdão.



Se fosse possível comprar nosso tempo, as crianças o fariam!

Para uma boa educação, é necessário que os pais permitam que seus filhos tenham o seu próprio ritmo e tempo para desenvolverem suas capacidades, cultivando a presença e paciência.

Doar tempo aos filhos é ter calma e paciência para ensinar novas coisas, estar aberto a perguntas e sempre responder de forma tranquila e positiva.


Ao tratarmos nossos filhos dessa forma, nós os nutrimos com saúde psicológica, que cada dia parece mais em falta em nosso mundo, e eliminamos as exigências, estresses e expectativas que só nos fazem mal.

Por esse motivo, o tempo é melhor do que qualquer boneca, carrinho ou videogame, é um bem que não custa nada e sempre impactará sua vida.

____________

Direitos autorais da imagem de capa: zlikovec / 123RF Banco de Imagens


Lua nova em libra chega com mudanças inesperadas!

Artigo Anterior

Ser feliz é para agora!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.