SEU ÚLTIMO RELACIONAMENTO FOI UM FRACASSO? ENTÃO, LEIA ISSO:

Eu sei muito bem como se sente. Depois de passar 15 anos no relacionamento errado, jurei ficar sozinha pelo resto da vida. Hoje sou casada com o parceiro ideal e temos uma filha, Victória. Nome nada por acaso. Demorei 38 anos para perceber que encontrar um parceiro verdadeiro não era questão de sorte, mas de razão. Isso mesmo. Calma. Eu explico.

Como somos extremamente emocionais, ou seja, estamos plugados na emoção 24 horas por dia, tendemos a ser emocionais na escolha do parceiro e erramos de novo, e de novo, e de novo. E achamos ainda que a culpa foi do outro.

Antes de continuar responda com sinceridade:

1. Porque você fica com raiva no trânsito?
2. Porque você tem dificuldade de parar de comer algo que lhe faz mal?
3. Porque é tão difícil parar de beber, de fumar, de se drogar?
4.Porque é o lado emocional que domina.

De cara fica claro que devemos controlar a emoção e não o contrário: deixar que a emoção controle nossa vida. E, infelizmente, deixamos que a emoção controle nossas escolhas. Agora, você já deve se perguntar: mas controlar a emoção como? Sou muito emotivo(a). Ok, você é emotivo porque deixa que a emoção controle. Eu sugiro mais razão na sua vida. Simples assim. Eu explico melhor como fazer isso.

Como o nosso tema é escolher melhor o parceiro tem uma técnica infalível e muito fácil que vai ajudar na próxima vez que estiver interessado(a) em alguém. Pegue uma folha de papel e escreva numa coluna as qualidades do seu último parceiro(a) que mais o(a) irritavam. Agora, na mesma folha, numa coluna ao lado, escreva as qualidades essenciais que você deseja num parceiro para a vida toda. Esse é o seu par verdadeiro, ideal, aquele que casa perfeitamente com você e que você sente que terão uma relação muito harmoniosa. Lembre-se de que é com esse par que constituirá uma família, passarão a vida toda juntos. Eu chamo esse perfil do futuro de Avatar. Para terminar o exercício compare as duas colunas e perceba racionalmente, o quanto são diferentes, e talvez, opostas.

Da próxima vez que encontrar um pretendente lembre do exercício e não caia na tentação de aceitar qualquer pessoa que seja diferente do seu Avatar. Essa é uma forma de dizer ao Universo o que você realmente deseja. Tudo tem um preço. A paciência é a alma do negócio. Esse é o primeiro passo para você encontrar seu par verdadeiro.

Foi assim que encontrei o par verdadeiro, hoje marido. Pela internet, meu perfil não tinha nem foto. E 83 dias após decidir que eu queria um par exatamente como o Avatar.

Assustador não? Antes disso, é claro que apareceram falsos Avatares, que a intuição me ajudou a descartar. Outras questões estão envolvidas, como a espiritualidade que eu conto no próximo artigo.

Pela numerologia esse ano é regido pelo 1, ano de reinício. Aproveite as forças favoráveis e acredite, você merece ser feliz no amor! Um degrau por dia, um dia de cada vez. Boa sorte! Um beijo e até mais!



Deixe seu comentário