AmorAutoconfiançaAutoconhecimentoFelicidadePazPositividadeReflexãoVida

Seus relacionamentos afetivos e você…

Apenas respirem e acolham o que quer que seja que seus relacionamentos afetivos lhes tragam.



Sim, estejam certos disso: seus piores medos, as sombras mais escuras, os fantasmas mais ameaçadores e toda a sorte de poeirinha varrida para debaixo dos seus tapetes VIRÃO À TONA através de sua vida amorosa, ou afetiva como um todo » e isto é BOM, por mais que no lugar onde você está agora isto possa soar estranho, porque você não está se sentindo bem.

Mas o resultado destas revelações será positivo, pois você estará se tornando inteiro e não tem COMO ser inteiro, apropriado de si mesmo e isso ser ruim.

Você veio para ser inteiro, mas está todo dividido porque acha que


para ser amado e valorizado você não pode ser frágil e nem ter dificuldades.

E adivinha o que acontece quando você se relaciona amorosamente?!

BANG!!!

casal1


Todos os vocês que você vem varrendo para fora ao invés de acolher para dentro serão refletidos.

Apenas acolha e aceite que este é você no momento, mas sem crises e nem nóias:

seus sentimentos não definem sua identidade, definem apenas o que se passa dentro de você NESTE MOMENTO.


Por isso, ao invés de assumir sua identidade dizendo coisas do tipo “Eu sou inseguro(a)!”, diga apenas:

“Este(a) sou eu, sentindo insegurança”.

Ao invés de sair por aí se sentindo o uó porque teve um chilique de ciúmes, apenas pense:

“Sim, existe esge lugar do ciúmes dentro de mim e, sabendo disso,


luz interior 2

vou cuidar melhor desta parte daqui em diante”.

Não eternize o que você não que ter eternizado :))) Dê nome aos bois e siga em frente!!!


E agradeça, SEMPRE, a todos e qualquer um que te ajude a ser mais quem você já é

não existe nenhuma outra alternativa a isso!

Flavia Melissa – Bioenergia, Saúde e Desenvolvimento Pessoal


Como lidar com as diversidades da vida

Artigo Anterior

Permita-se! – vida é auto-permissão!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.