Redação

Signos x destinos

81

Se você anda com vontade de fazer uma viagem para outro país,



mas está em duvida de qual será o destino…

talvez esse post possa te ajudar!

Comparando características de cada signo, o Astrologia da Depressão


deu algumas dicas de destinos bem legais.

O meu deu certinho…

Vamos ver se o de vocês também dará?

***


ÁRIES – ÁFRICA DO SUL

africa

Escolhi a África do Sul para o signo de Áries por conta da variedade de atrações que oferece, da paisagem natural, dos esportes radicais e dos safáris. Acho que a oportunidade de observar a natureza tão de perto e vivenciar experiências variadas e ”selvagens”, que estimulam a adrenalina, tem tudo a ver com o signo que é tido como o dos impulsivos e até “irracionais” (fogo é expansão, Marte é o impulso).

TOURO – FRANÇA


paris

Considero a França um país essencialmente venusiano, já que é conhecido pela arte, gastronomia, perfumes, atmosfera romântica, luxo e consumo. Optei por Touro, porque gastronomia, luxo, consumo e arte são palavras chave para o signo. A princípio, pensei em escolher este país para Libra, mas considerei o povo francês um pouco mais introspectivo e fechado, aos moldes de Touro, signo de Terra.

GÊMEOS – PORTUGAL

portugal


Procurei para Gêmeos um país que facilitasse a comunicação e o trânsito e fosse conhecido por sua literatura, já que o signo é regido por Mercúrio e fala de tudo isso. Em Portugal, o geminiano pode falar à vontade, porque todos compreenderão. O fato de ser um país da Europa também permite que ele transite por outras nações com liberdade. Além disso, quem não quer visitar um lugar que “gerou” Fernando Pessoa (e todos os seus heterônimos) e Camões?!

CÂNCER – ESTADOS UNIDOS

eua

Fiz essa escolha por conta de uma única característica: o significado da Lua (regente de Câncer). A Lua fala do povo, da pátria, da receptividade e acolhimento e este é um país conhecido por seu povo patriota, que defende sua bandeira apaixonadamente. O país também é conhecido por acolher um grande número de imigrantes do mundo todo, por conta das oportunidades que oferece.


Receber pessoas em sua “casa” e orgulhar-se de sua pátria é coisa bem canceriana, não?!
Ah, por coincidência (ou não), 4 de julho é justamente a data da Independência dos Estados Unidos.

LEÃO – INGLATERRA

17


Escolhi a Inglaterra, principalmente por conta da popularidade de seus reis e rainhas. Escolhi também porque assim como o signo de Leão, o povo inglês é símbolo de imponência. Além disso, não podemos esquecer que a Inglaterra colonizou diversos países, mostrando quem manda (e leonino também manda pra dedéu) no mapa-mundi.

VIRGEM – SUÍÇA

suiça

Escolhi a Suíça para o signo de Virgem, porque os críticos do zodíaco apreciam a ordem e o método e os suíços são especialistas nisso. A Suíça é responsável por metade da produção mundial de relógios e seu povo é conhecido pela pontualidade e limpeza – suíços reciclam quase todo o lixo que produzem. São preocupados também com a poluição sonora e em suas cidades e vilas o nível do som é controlado por sonômetros estrategicamente colocados em postes. Quer ordem, virginiano?! Vá pra Suíça.


LIBRA – ITÁLIA

veneza

Escolhi a Itália para Libra, porque o país é conhecido por sua arte, é considerado um dos centros da moda e é símbolo de elegância e sofisticação. Outra característica importante que teve peso na minha escolha, foi a postura do povo italiano, que é mais aberto a interagir e socializar. Se você libriano e tem um par, que tal passear de gôndola em Veneza?

ESCORPIÃO – PERU


machu-picchu-peru

Tive muita dificuldade ao escolher um país para Escorpião, porque queria um país que tivesse um ar de mistério e cultura rica, perfeita para explorar. Escolhi o Peru por conta dos sítios arqueológicos e do mistério que os rodeia. Todos os amigos do tio depressivo que já visitaram o país relatam que a atmosfera do Peru é diferente de tudo o que já viram, então… eu acreditei neles e recomendo o destino aos escorpianos.

SAGITÁRIO – NOVA ZELÂNDIA

4.1.1

Foi difícil escolher um país para Sagitário, porque este signo representa a própria imagem do viajante, que através do conhecimento e da cultura busca respostas para suas perguntas. Imagino que para um sagitariano, a oportunidade de conhecer qualquer país é agradável, mas decidi pela Nova Zelândia, principalmente por conta dos esportes radicais, que reforçam o espírito aventureiro do signo. Escolhi também, porque durante minha pesquisa, encontrei diversos relatos mencionando a informalidade do povo neo zelandês. Se Sagitário é um signo de expansão, nada mais justo que ser recebido por um povo que o compreende, não?! A possibilidade de explorar a paisagem natural do país também foi crucial para a minha decisão.

CAPRICÓRNIO – CHINA

china

Escolhi a China para o signo de Capricórnio porque o país está se tornando potência mundial de maneira impressionante (prefiro não discutir os meios que os fizeram alcançar essa posição, já que esse post tem objetivo turístico) e é visitado principalmente por conta das oportunidades de negócio que oferece. Como capricorniano não veio ao mundo à passeio, nada mais natural que visitar um país que não tenha apenas o patrimônio cultural (que é riquíssimo) a oferecer.

AQUÁRIO – JAPÃO

japao

Ao ler sobre o Japão, facilmente identifiquei o arquétipo do signo de Aquário. A população japonesa se divide entre dois estilos: o uraniano e o saturnino. A porção uraniana do Japão remete à tecnologia, à quebra de padrões (já viram a quantidade de cabelos coloridos nas ruas do Japão?) e ao diferente. A porção saturnina remete aos padrões extremamente rígidos típicos da educação japonesa. Acho que é um país que, assim como o signo de Aquário, se divide entre o moderno e o careta – ao mesmo tempo que fogem de todos os padrões, são extremamente fiéis às regras e limites.

PEIXES – ÍNDIA

india

A Índia é conhecida como um destino místico, por conta da cultura hinduísta. Como os regentes de Peixes (Netuno e Júpiter) falam sobre o misticismo e sobre a fé, procurei um destino que oferecesse essas características. Há muita discussão acerca das condições de vida na Índia, mas as pessoas costumam ser unânimes ao dizer que é um país que todos devem visitar, por conta da cultura tão diferente da nossa e da “vibe” espiritualizada que gira em torno do país.

O de vocês também deu certo? Gostaram das dicas?

Beijo, beijo.

Hellen Grangeia – FarofaFina

Via: Astrologia da depressão

Entenda sobre o carimbo Eu Amei!

Prece – amor incondicional

Artigo Anterior

Meditação para a noite – louise hay – [vídeo]

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.