6min. de leitura

Síndrome da rã fervida e o perigo de se acostumar às situações negativas da vida

A síndrome da rã fervida é conhecida por muitas pessoas e nos ensina uma grande lição. Ela diz o seguinte: Você sabe o que acontece se colocar uma rã em uma panela de água fervente?  Ela pulará e correrá.


E se você colocar a rã em uma panela com água fria e elevar a temperatura muito lentamente? Ela permanecerá na panela, e seu corpo vai se adaptar à nova temperatura aos poucos. Quando ela perceber que a água está fervendo, será tarde demais. Ela usará toda a sua força para regular a temperatura do corpo. Então, sem conseguir pular para fora da panela, ela morrerá, sem sequer tentar escapar.

Por mais triste que essa história seja, é verdadeira, e, infelizmente, nós, muitas vezes, assumimos o papel da rã fervida em nossas vidas.

Quando nos acostumamos a vidas desconfortáveis

Qual é realmente a causa da morte da rã, a água fervente ou o fato de ela não perceber a temperatura se elevando? Nós, assim como as rãs, também possuímos uma grande capacidade de adaptação às coisas boas e também às coisas ruins.


Muitas vezes, os relacionamentos negativos chegam em nossas vidas como a água, calma e pacífica. Então, nós nos acostumamos com sua lealdade e bondade, e quando a outra pessoa começa a demonstrar características negativas, nós não levamos a sério, acreditamos que vai ser apenas por um tempo, e assim regulamos nossa temperatura interna e nos preparamos para suportar essa situação. O problema é que, muitas vezes, essa situação não tem solução e, assim, as pessoas se acostumam a vidas tóxicas com pessoas abusivas e, nesse ponto, já não possuem mais forças para saltarem sozinhas.

A síndrome da rã fervida pode acontecer com outras coisas em nossas vidas: estresse, cansaço, ansiedade… mas, diferente do sapo, nós podemos encontrar uma saída, antes que seja tarde demais.



Não somos sapos, podemos sair a tempo

A situação do sapo cozido tem a ver com a física, e não pode mudar. No entanto, nós, humanos, podemos perceber quando a água fica quente demais, podemos identificar os relacionamentos e situações negativas em nossas vidas, antes que as coisas fiquem incorrigíveis.

Claro que isso não é tão fácil, e por isso existem algumas dicas que podem nos ajudar. Confira abaixo:

1. Preste atenção aos sinais do seu corpo

Muitas vezes, nossas mentes pregam peças em nós, portanto, esteja sempre atento ao que seu corpo lhe diz. Se você já está dentro na panela, provavelmente sua mente tentará fazê-lo adaptar-se à temperatura, mas se você estiver consciente de seu corpo, poderá se libertar a tempo.

Alguns sinais para estar atento são dores de cabeça constantes, desconforto em todo o corpo, cansaço, mudanças de peso inexplicáveis e maior sujeição à doenças. Nosso corpo sempre envia sinais, quando não está bem, portanto, sempre que não se sentir bem, busque entender o motivo.


2. Entenda sua dificuldade de se libertar da panela

A água na panela, certamente, é confortável para a rã, durante algum tempo, e nós podemos gostar da mudança de temperatura no começo. O fato é que mesmo as situações mais ruins da vida podem ter vantagens, ou nos passam essa sensação.

Sempre haverá uma razão (uma desculpa) para permanecermos em nossas panelas, e, justamente por isso, é fundamental estarmos muito cientes do que nos prende, para montarmos estratégias para nos libertarmos, finalmente.


3. Defina o que fazer a seguir

Depois de ter compreendido verdadeiramente a sua situação, é preciso decidir o que fazer, apagar o fogo e deixar a água esfriar novamente ou pular para fora da panela e buscar novos caminhos.


4. Imagine outras formas de viver sua vida

Quando estamos imersos em nossas panelas, parece impossível encontrar uma saída a tempo, e parece que não existe mais nada para nós além disso. No entanto, devemos nos esforçar para enxergar as coisas de uma maneira mais ampla. Ao invés de focarmos apenas na dificuldade do agora, devemos nos imaginar em uma realidade melhor, fazendo o que gostamos e vivendo felizes.

Imagine que você já conquistou os seus objetivos na vida. Como você se sente? Será que é tão difícil alcançar essas coisas? Perceber que existem outras realidades de vida à sua disposição pode ser tudo o que você precisa para transformar sua vida, antes que a água começa a ferver.

Pense nisso e liberte-se de sua panela!


Direitos autorais da imagem de capa: creativenature / 123RF Imagens





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.