4min. de leitura

Sintomas de estresse: você pode não notar, mas ele muda seu corpo dessas 21 maneiras

O estresse é um companheiro diário de praticamente todos nós. A pressão no trabalho, as muitas responsabilidades que assumimos, o papel na família e necessidade de cuidarmos de nós mesmos nos sobrecarregam e fazem com que as 24 horas do dia não sejam suficientes para tudo que precisamos realizar.


A falta de controle que muitas vezes sentimos sobre nossas próprias vidas facilita o desenvolvimento de condições de saúde – físicas ou emocionais – que refletem a importância de refletirmos sobre como estamos vivendo e sobre a necessidade de desacelerar.

Um dos primeiros passos para buscar uma melhora de vida é compreender o que é o estresse e como ele afeta nossos corpos.

O que desencadeia o estresse

O estresse é uma resposta do organismo a estímulos externos. Quando passamos por momentos que geram tensão ou o sentimento de ameaça, ativamos o estado de alerta, que promove diversas reações bioquímicas em nosso organismo, com a intenção de nos salvar de possíveis situações de perigo.


Algumas dessas reações químicas mais comuns são as catecolaminas (adrenalina, noradrenalina e cortisol) substâncias criadas pela glândula suprarrenal. Apesar de ser uma maneira de nos manter protegidos, essa liberação de hormônios, quando acontece muito frequentemente, pode nos trazer malefícios como a redução de produção de insulina, enfraquecimento do sistema imunológico e aumento do risco cardíaco.

São muitos os efeitos do estresse em nosso organismo. Entre eles estão:

  • Ansiedade;
  • Síndrome do pânico;
  • Diabetes;
  • Problemas com a tireoide;
  • Desregulação do ciclo menstrual;
  • A pele também pode sofrer as consequências do estresse. Psoríase, vitiligo, dermatite de contato alérgica, suor excessivo e caspa são algumas das condições.

Sintomas de estresse

Se você acredita estar sofrendo de estresse excessivo, existem alguns sintomas que pode procurar em si mesmo:


  • Tensão excessiva e constante;
  • Dor muscular;
  • Agitação;
  • Impaciência;
  • Tremor;
  • Fraqueza;
  • Fadiga que surge mesmo após atividades simples;
  • Enjoo;
  • Irritação;
  • Palpitação;
  • Suor frio;
  • Diarreia;
  • Dificuldade em dormir;
  • Falta de ar;
  • Tontura e vertigem;
  • Memória fraca;
  • Boca seca;
  • Calafrios;
  • Formigamento;
  • Queda de cabelo (alopecia areata).

Cada organismo reage ao estresse de uma maneira diferente, por isso além de observar os sintomas, é preciso analisar o caso completo junto a um profissional de saúde para ver quais as melhores medidas a serem tomadas.

No entanto, existem maneiras simples e saudáveis de trazer uma melhor qualidade de vida ao organismo e que também diminuem os efeitos do estresse.

Exercícios, alimentação saudável, rotina de sono saudável, equilíbrio de obrigações, yoga, meditação. Medicamentos só devem ser usados por indicação médica.

O estresse é uma condição séria, mas tem solução.

Comece hoje mesmo a cuidar da sua saúde, e elimine de sua vida tudo aquilo que lhe causa estresse desnecessário. Coloque-se em primeiro lugar e conquiste a vida que deseja viver!


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: citalliance / 123RF Imagens.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.