Colunistas

Só Jesus é o caminho, a verdade e a vida. Ele é o amor maior!

“Amor com amor se paga.” Com essa fórmula do amor, tudo prospera e tudo dá certo.



Qual seria o real significado da palavra amar?

Cada um pensa e sente de determinada forma o amor.

Dependerá da idade, da fase em que se encontra e do meio em que vive.


A concepção do que seja o amor será construída gradativamente.

Aprendemos o que é amar desde quando nos entendemos por gente, ao nos sentir protegidos por nossos pais. De alguma forma, aprendemos desde cedo que o amor é uma troca, “que é dando que se recebe”.

O cuidado dos pais para com os filhos faz nascer o desejo natural e espontâneo dos filhos em retribuir, através de pequenos gestos de demonstração de afeto e carinho, como um abraço, um beijo ou um simples olhar de ternura e compaixão.


Amar é o resultado do todo bem cultivado.

Tentar explicá-lo com palavras parece vago demais, tamanha a sua grandeza.

Vem da alma e do coração. Sentimento pleno como o amor não se demonstra com números e muito menos com a razão, mas com generosidade, solidariedade e com tudo o que há de bom e de melhor na vida.


Dificilmente uma boa ação será passada despercebida.

Eu me atreveria inclusive a escrever que nunca passará em branco. Para toda boa ação existe uma boa reação.

É sempre bom ser do bem. Podemos até achar que não temos reconhecimento e o devido valor de todas as coisas boas que fazemos.


Esperar reconhecimento humano é em vão.

O que realmente importa e interessa é que tudo o que plantamos colheremos no seu devido tempo. Pode até demorar, mas nunca falhará.

Antes tarde do que nunca. Podemos até achar que não iremos colher mais nada e quando menos se espera a colheita vem e pode até vir a ser feita pelos filhos.


Pouco importa o fato de não sermos nós quem iremos colher os bons frutos da semente plantada e cultivada.

O simples fato de ver nossos filhos bem e trilhando o caminho do bem já é suficiente e paga todo e qualquer tipo de sacrifício. Todo esforço sempre é recompensado, de uma forma ou de outra.

Lembro-me das palavras da minha mãe: “Para que as coisas boas aconteçam em nossas vidas e para que tudo flua, é necessária uma oração, ou seja: orar (súplica a Deus) + ação.


Temos o poder maior dentro de nós mesmos para conseguir verdadeiros milagres de cura e transformação das nossas vidas.

Então, equivale a dizer que toda ação equivale a uma reação. É imprescindível que façamos nossa parte (ação), para que Deus possa nos ajudar (reação). Amor gera amor!

Se colocarmos amor em tudo o que fizermos, já é meio caminho andado para o sucesso e para que tudo dê certo.


Podem até vir as dificuldades, uma, duas, três… Não importam quantas. O importante é se levantar, sacudir a poeira e dar a volta por cima, após cada tombo ou rasteira.

Se amamos o que fazemos, adquirimos forças para vencer os desafios e conseguimos seguir em frente, bem como chegar mais adiante.

Sentir realização por um projeto de vida, planejado, executado e finalmente realizado, seja por nós mesmos ou pelos filhos, não tem preço.


Meus pais sempre tiveram sonhos e todos eles foram realizados pelos filhos. Via-se o orgulho deles ao vê-los falar sobre cada um. Cada um da sua maneira. Ficavam até inchados ao comentar. Não se cansavam de olhar com admiração. Esse olhar era capaz de enchê-los de alegria. Não há dinheiro que pague ver todo o sacrifício compensado.

É a lei da semeadura. Tudo o que plantamos e cultivamos colheremos no seu devido tempo.

É a lei da semeadura. E pode ter certeza de que o retorno virá pelas mãos de Deus, e será infinitamente maior ou melhor do que possamos esperar e imaginar.

Só nos resta o sentimento de gratidão e mais nada. “Amor com amor se paga.”

Não tem como dar errado, pois Deus é maior e tudo parte d’Ele e de todo o Seu exemplo de amor.

Podemos resumir que Deus é amor. E, quando sairmos da zona de conforto do nosso egoísmo para colocá-l’O à frente, em nossas vidas, não haverá como nada dar errado.

Com Jesus, somos capazes de conseguir tudo e vencer qualquer batalha.

Isso dependerá de nossa atitude de abandonar o ser humano velho que habita em nós para dar espaço ao novo.

Só o amor constrói.

Ame e siga os passos de Jesus e, a cada dia, sinta mais forte o amor que Ele sente por nós!

A vida vai mostrando por quem devemos lutar e de quem devemos desistir

Artigo Anterior

Autoestima não significa querer aplausos, significa não precisar do aplauso de ninguém

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.