ColunistasAmizade

‘‘só os verdadeiros amigos sabem quem eu sou, os outros apenas me imaginam…’’

SÓ OS VERDADEIROS AMIGOS SABEM foto 02

AMIZADE: Uma aceitação de caráter!



Hoje conversava com uma amiga e ela me disse uma frase muito interessante: “Só eu sei quem sou,os outros apenas imaginam…” Frase que soa um tanto de solidão!

Solidão do próprio ser!

Falávamos sobre verdadeiras amizades e aí lembrei de um pensamento de Aristóteles que explica sobre os três tipos de amizade.


1.Amizade segundo o prazer: É amizade na qual buscamos prazeres recíprocos. Onde apenas nos esforçamos para agradar os outros e somos orgia de emoções. Esta com o tempo…é uma amizade facilmente esfacelada.

so-os-verdadeiros-amigos-sabem-capa-e-foto-01
2.Amizade segundo utilidade: É amizade na qual há segundas intenções. Há um interesse mútuo por trás. Acabam-se os ganhos…acaba-se a amizade!

3.Amizade segundo a virtude: Esta amizade para Aristoteles é a perfeita, duradoura, verdadeira e rara. Segundo ele só acontece entre os bons.


O mais incrível é que Aristoteles explica que amizade não é um sentimento,como muitos de nós pensamos, mas é uma aceitação de caráter. E somente o terceiro tipo de amizade -exposto acima- há essa aprovação de caráter! É onde podemos ser quem realmente somos sem sofrer nenhum tipo de julgamento. Segundo o filósofo é o nosso próprio espelho: “Uma alma solitária que vive em dois corpos.”

Aí eu volto meu argumento para aquela frase acima que minha amiga falou. Vivemos numa sociedade onde temos que ser inteiramente éticos para sermos aceitos. Mas se o “eu” de dentro estiver em total conflito com o “eu” de fora? O que é mais importante: vivermos para agradar ao que é ético, à sociedade,aos outros ou à nós mesmos? Acredito que a felicidade do ser tem que estar acima disto tudo!

Eu, sinceramente, não sou radical e nem neurótica com alguns conceitos democráticos, pois somos seres diferentes…com histórias diferentes. Eu aceito o ser humano imperfeito,com luz e sombra. E é justamente neste ponto que temos relações raras. O ser “perfeito” me cansa, faz-me sentir pequena e diferente. Pois…sou cheia de falhas e imperfeições!

Amo aqueles amigos que se doam para mim…que expõem toda a fragilidade de seu ser…que não temem me ofertar conhecer sua própria sombra. Esses amigos…são verdadeiros,humanos e admiráveis!


Desses amigos…eu não desisto nunca!

Quem quiser que me critique com milhões de denominações: “a boazinha” ,”a louca”, “a sensível”, “a boba”…pois tudo isto somente prova a falta de autoconhecimento desses julgadores “perfeitos”. Como eu me conheço bem…aceito quem quer que seja!

so-os-verdadeiros-amigos-sabem-foto-02

E digo mais…somente os de coração bom tem coragem suficiente de entregar suas verdades sem receios. Para mim é como se estivessem doando o próprio coração em minhas mãos. Como ser fria e gerar conceitos maldosos? Jamais! Eu acolho esses corações e acabo doando o meu!


“Só os verdadeiros amigos sabem quem eu sou,os outros apenas imaginam.”

Izabella Procópio

Uma palavra não me define! sou muito mais que um enquadramento social!

Artigo Anterior

5 maneiras de derrubar os muros em seu relacionamento:

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.