ColunistasReflexão

Só vive uma vida sem sentido, aquele que não busca um sentido para a vida…

SÓ VIVE UMA VIDA SEM SENTIDO capa e dentro

Só vive uma vida sem sentido, aquele que não busca um sentido pra vida.



Cada um deve buscar aquilo que lhe dá a razão de viver. Em outras palavras, buscar motivos para gostar da vida.

As pessoas cultivam hobbies, viram colecionadores, tornam-se poetas, cultivam um pomar, cuidam de um jardim, vivem para os filhos, amam os animais…

Quem tem um motivo pra viver suportam com muito mais facilidade as piores adversidades da vida, do que aqueles que vivem sem um motivo.


Motivar-se na vida, é o ingrediente básico para ser feliz.

Felicidade não requer complexidade.

Pessoas são felizes se comprazendo nas coisas simples da vida.

Os pacientes em estado terminal geralmente se ressentem de não terem feito coisas pequenas, mas importantes, como abraçar mais os filhos, passear mais na praia vendo o nascer do sol…


O sentido da vida é algo mais profundo do que “um sentido para a vida. ”

É a busca das questões filosóficas que vez por outra nos assalta em forma de indagações como: de onde vim? Quem eu sou?  Para onde vou?

Logicamente o sentido da vida é muito mais do que apenas comer, dormir, namorar –  as necessidades básicas do ser.

Se atentarmos bem, não faz sentido a vida com solução de continuidade, onde uma existência de 80 ou 90 anos se acaba no túmulo, junto com os sonhos, os projetos e tudo o que se lutou.


O projeto vida tem que ter prosseguimento, nos diz a razão mais profunda.

Daí a nossa relutância em aceitar a morte como o fim.

Faça um teste: imagine-se morto. Como você se vê?

Você neste momento está se vendo deitado em um caixão cheio de flores com as mãos cruzadas, e todo o aparato pertinente a um velório.


Percebeu que você se viu de fora?  Você assistiu a seu corpo sendo velado. Porque é impossível simplesmente sentir-se inexistente.

Sistema de crença e padrões negativos:

Artigo Anterior

Sobre nós, mulheres doces e duras…

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.