Comportamento

Grave acidente com ônibus, na BR-376, em Guaratuba, deixa 19 mortos e 31 feridos

CAPA Grave acidente com onibus na BR 376 em Guaratuba deixa 19 mortos e 31 feridos

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, tudo indica que o ônibus tenha saído da pista, sem se chocar com nenhum outro veículo.



No litoral do Paraná, em Guaratuba, uma tragédia aconteceu. Um ônibus saiu da pista enquanto passava pela Curva da Santa, local com curvas acentuadas, na BR-376, quebrou a mureta de contenção e caiu na parte lateral da rodovia.

O trágico acidente deixou 19 mortos e 31 feridos, números apurados até o momento. De acordo com a equipe de resgate, o acidente poderia ter sido pior, caso o ônibus tivesse descido a ribanceira e caído no rio.

O acidente aconteceu às 8h30 da manhã do dia 25, no km 668, conhecido como Curva da Santa. O ônibus da TC Turismo saiu de Ananindeua (PA), às 19h do dia 22, com destino a São José (SC).


A próxima parada seria Balneário Camboriú, também em Santa Catarina. O transporte já havia parado em Goiânia (GO), na tarde de domingo (24), e sua chegada ao destino final estava prevista para a madrugada do dia 27.

A empresa TC Turismo afirma que o ônibus foi fretado por uma terceira pessoa, mas vai prestar auxílio às vítimas.

Em nota, a companhia, que enviou representantes ao local da tragédia, disse que não medirá esforços para tentar amenizar a dor de cada um dos paraenses envolvidos no acidente, assim como a todos os familiares que sofreram perdas.

O Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) se dirigiu ao local, assim como ambulâncias e helicópteros do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina e do Paraná. As vítimas foram levadas para Curitiba, Joinville e Garuva. Entre elas, de acordo com o BPMOA, existem crianças.


2 Grave acidente com onibus na BR 376 em Guaratuba deixa 19 mortos e 31 feridos

Direitos autorais: reprodução/G1.

As últimas informações apuradas pelo G1 revelam que 19 pessoas morreram, dez homens e nove mulheres. A concessionária responsável afirma serem treze adultos, cinco adolescentes e uma criança.

O Corpo de Bombeiros e a concessionária repassaram a informação de que eram 21 mortos, mas às 14h o número foi corrigido para 19.

De acordo com a Polícia Civil, no ônibus havia dois motoristas, que faziam revezamento, para que pudessem descansar; o motorista que estava ao volante no momento do acidente havia pego a direção apenas 30 minutos antes. Os testes preliminares mostram que ele não apresentava indício de embriaguez.


No seu depoimento, o motorista, de 67 anos, disse que sentiu que o freio estava estragado e tentou usar a área de escape da BR, um quilômetro atrás, mas um caminhão atrapalhou a direção, o que fez com que ele batesse na mureta e caísse no barranco.

O motorista não sofreu ferimentos. Ele prestava serviço à empresa TC Turismo, como terceirizado.

Ainda no depoimento, o motorista disse que o ônibus passou por revisão antes de viagem e nenhuma irregularidade foi encontrada, mas que naquela parte do trajeto ele sentiu que a bomba de ar dos freios estava se esvaziando muito rapidamente.

O segundo motorista, até o fechamento deste texto, não havia sido localizado. A Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran) vai instaurar um inquérito policial sobre o caso e, se for  constatada imperícia, o condutor pode responder por homicídio culposo (quando não há intenção de matar).


As vítimas já foram identificadas, mas nenhuma relação de nomes ainda foi divulgada. O tio de uma das possíveis pessoas mortas afirmou que havia dado dinheiro para o sobrinho João Paulo Ferreira dos Santos procurar emprego em Santa Catarina.

Um acidente sem precedentes!

Compartilhe nas suas redes sociais.


Mãe mostra carta que filha escreveu para garota que a chamou de gorda. A resposta é surpreendente!

Artigo Anterior

“Sem doações, meus filhos passariam fome”, diz homem sobre o fim do auxílio emergencial

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.