publicidade

Sobre nós dois…

É uma loucura essa coisa toda de chegadas e partidas, a gente nunca sabe o exato momento que alguém vai partir das nossas vidas ou partir nosso coração.



Também não se sabe quando alguém chega, se fica e nem por quanto tempo. Eu era um modelo de gente conformada com tudo que já era igual, no fundo do meu peito nutria um último suspiro de uma possível novidade porém, minha armadura diária não me permitia iludir.

Quando ele chegou, foi entrando cheio de atitude daqueles de quem sabe mesmo o que está fazendo.

A briga que está comprando. Eu me apaixonei naquele exato instante em que entre uma palavra e outra ele, sem permissão nenhuma, me arrancou uma gargalhada estranhamente gostosa e cheia de peculiaridades.

Ele veio chegando cada vez mais perto até se enraizar em mim, eu reguei e virou flor.



Nasceu ali, daqueles pequenos instantes toda essa coisa que não me deixa ficar sem o cheiro dele. Nós somos exatamente a soma de gênios e manias únicas e com objetivos em comum.

Nós damos risadas infinitas de tudo que outras pessoas não perderiam seu tempo, nós nos amamos como se tivéssemos somente um ao outro e somente aquele instante. Sobre nós dois nada se sabe ainda, aliás o pouco disso já tem sido muito ultimamente mas ainda não o suficiente, eu quero mais, muito mais, se já queria da vida porque não havia de querer dele, afinal os dois tem estado em muita sintonia ultimamente.



Ele não sabe ainda nem da metade dos seus detalhes, ele se quer desconfia o que me faz todos os dias planejar minha vida ao lado dele.

Ele é a inspiração das minhas mais singelas rimas, ele é aquilo de mais simples que a gente pode ter no peito, esse tipo de gente que transborda na gente.

Ele e eu somos dois, porque somos inteiros o suficiente um para o outro, sem status, sem rótulo, sem hipocrisia, somos quem queremos e cara quer saber? a gente é feliz assim.

Jana Gomes

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.