Notícias

Sobrevivente de ataque na Escola Raul Brasil morre eletrocutado

Sobrevivente de ataque na EscolaRaul Brasil morre eletrocutado

O jovem Rosnei Marcelo Grotewold Júnior, de 18 anos, morreu depois de sofrer uma descarga elétrica, nesta semana, em Poá.

Ele era um dos sobreviventes do massacre na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, que deixou dez mortos em março de 2019.

O acidente ocorreu na última terça-feira (15), na Rua Inglaterra. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), a mãe do jovem contou à polícia que ele havia subido no telhado do vizinho para buscar o gato de estimação da família. Rosnei tocou em uma fiação elétrica e acabou sendo eletrocutado.

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamada e constatou o óbito no local.

a624875c bf51 49ca 885b c56a2a595141

Direitos autorais: Reprodução.

O caso foi registrado como morte acidental pela Delegacia de Polícia de Poá, que solicitou perícia.

O pai, Sergio Luciano, contou que o filho ficou frente a frente com um dos assassinos no ataque. “[Na época], ele, inclusive, teve o livramento. [Ficou] com uma arma direcionada a ele, só que tinha acabado a munição na hora que ele poderia atingido”.

O corpo do rapaz foi sepultado no Cemitério de Poá na última quarta-feira (16).

0 %