Solte essas amarras que te prendem e te forçam a seguir um “molde”!

Sim! Solte essas amarras!

O egoísmo em ser você mesmo.



Desde minha infância, as pessoas falavam que era errado eu me considerar boa em algo. Era humilde eu ter resposta de inferioridade em relação aos demais e algo muito bonito.

Assim como até hoje as pessoas acham feio e que não vai para o céu quem é rico, ou quem se julga ser excelente e um ser humano maravilhoso. Como se a vida fosse para sofrer, trabalhar e pagar pecados. Sério mesmo que os brasileiros são assim? É uma catástrofe isso.

Na verdade, meu sentimento como brasileira é de tristeza em ver a maioria do povo sem esperança, trabalhando em dois, três ou mais empregos, sem esperança em colocar filho em faculdade. Quanto mais tickets alimentação, vales e etc tiver, mais a pessoa fica feliz. A que ponto chegamos, competir por tickets. E se não bastasse isso, o fato de um funcionário controlar os horários do outro, quem teve mais ou menos horários de almoço.


Beleza, concluímos que temos um povo sofrendo, sem esperança, pobre de dinheiro e pobre em espírito.

Tem como um Brasil crescer assim?

Na verdade temos uma indústria de medicamentos crescendo fervorosamente com antidepressivos, a rede de fast food e refrigerantes, e televisão e sofá. Um final de semana tranquilo na cerveja, futebol, redes sociais e isolamento do mundo, de todos.


Eu como estudante de medicina às vezes fico vagando no hospital, observando as pessoas, quem opera, quem morre, quem sorri e quem sofre. E confesso que o ambiente é castrador. E claro, há muitas dúvidas em ser eu mesma num local assim, em como contribuir para a sociedade.

Prescrever medicamento aqui, cirurgia lá, não! Eu já percebi que estou pairando nisso tudo e não me encaixo.

E você, também se sente assim? Meio se matando para viver? Sem rumo? Fazendo as coisas para ter o que comer e onde morar somente? Sem prazer?

Eu acordo no meio da noite e fico me perguntando sobre o quanto estou me escondendo das pessoas, das críticas, do quão criativas são minhas ideias e eu as sepulto diariamente.

Sinceramente espero que você faça o contrário desse texto e sinta a brisa leve e fresca a cada novo dia! Que você tenha o prazer de estudar sobre a vida e as interações com os animais e a natureza.

Que tenha a coragem de se inventar a cada obstáculo e desabrochar a coragem de ser você.

Sim, solte essas amarras que te prendem e te forçam a seguir o molde. Saia do “ser normal”.

Experimente o que faz seu coração vibrar, o que faz sua mente ser leve e leve você a brilhar.

Ontem à noite eu senti uma vontade de pegar uma folha A4 e umas canetas coloridas. Fechei os olhos e fui rabiscando a folha livremente, sem saber o que iria acontecer. O resultado foi lindo: um homem e uma mulher se amando.

Depois eu peguei outras folhas em branco e repeti o processo: um desenho mais incrível que outro.

Somente deixando a liberdade se expressar.

Após alguns anos sem luz, desliguei-me do mundo e me liguei a meu ser!”

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.