3min. de leitura

Somente a luz interior pode guiar nossos caminhos em tempos difíceis…

O cansaço de lutar impulsiona o sonho de viver!

A maior revolução contra todo controle e todo o mal é conhecermo-nos em profundidade e, com a resiliência de um monge, sermos nós mesmos, indefinidamente.


É chegada a hora de reconhecermos que toda revolta pautada no ódio e na indignação será mera vingança.

Somente a luz pode afastar a treva, só o amor perdoa e conduz o mal à consciência pura. O veneno dado, não necessariamente deve ser absorvido. A ajuda mútua e a bondade substitui toda e qualquer forma de dominação.

Já não se faz necessário um governo e um sistema onde cada peça de xadrez deve ser cuidadosamente movimentada, matando sonhos mundo afora.


Um ser humano sem sonhos é um ser humano morto. Não devemos permitir que nos reduzam a uma condição tão grotesca, a ponto de correr atrás do rabo buscando a sobrevivência apenas.

Quem luta para sobreviver, não tem tempo de sonhar, nem de questionar, nem de desenvolver seus dons. Não conseguimos ficar em silêncio e assim não podemos alcançar a paz interior.

Um ser humano que se liberta é como uma faísca de luz que irradia tudo ao seu redor. Ele mostra aos outros que a libertação é possível e necessária.

É missão de cada ser humano ajudar outras vidas, cuidar do que nos foi dado com bondade. Porque se pensarmos da forma mais simples possível, podemos encontrar uma solução que seja favorável a um número maior de vidas.


A mãe Terra tudo dá. Temos tanto solo fértil e abundande, de modo que nenhuma família no Planeta Terra teria de viver amontoada e comendo lixo.

Viver em comunhão com a natureza, sendo parte integrante de tudo o que existe é a nossa própria natureza, nós humanos, não somos superiores a nenhuma outra forma de vida.

A verdade é que a humanidade está doente por envenenamento. Tristeza gera depressão, ganância gera paranóia, ódio gera dor, ignorância gera paralisia, possessividade gera angústia e poder gera medo. E tudo isso gera a maior patologia humana: o inconsciente coletivo.

Somente a luz interior pode guiar nossos caminhos através de tempos trevosos. Chega de guerra, chega de separação, chega de egoísmo. É tempo de voltarmos pra casa.

__________

Direitos autorais da imagem de capa: dmitryag / 123RF Imagens





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.