Somos diferentes, únicos e completos!

5min. de leitura

Sabe aquela vontade de ser feliz, mas não sabemos como? Sabe aquela impressão de que está faltando alguma coisa? Sabe aquela angústia momentânea sem explicação?

A vontade de crescer e ser boa pessoa, seguida da vontade de desistir… entre milhares de outros sentimentos e emoções confusas?



Pois quando estamos nos sentindo assim significa que precisamos encontrar nossa essência verdadeira! Significa que muitas imagens, idealizações e até ações que estamos vivenciando não são verdadeiras! São ordens da sociedade consumista, vozes de comando do modismo, são comportamentos copiados de uma “novela” talvez.

Esta superficialidade é que nos mantém reféns do medo de ser inconvenientes ou ultrapassados, caso optemos por sermos genuínos, reais e verdadeiros.

Sabem porquê? Porque desejamos ser aprovados, amados, validados, aplaudidos e reconhecidos pelos outros. E por causa dessa doentia necessidade, nos deixamos ser moldados e viramos todos autômatos… iguais, violentando nosso SER mais íntimo. Porque na verdade somos únicos e completos. Ninguém precisa copiar ninguém! Já temos nossa essência verdadeira e nossa própria história de beleza para viver!

Pathwork significa “trabalho do caminho”. Este é um caminho de autoconhecimento e autotransformação através do desenvolvimento da unidade. Para tanto, trabalha com os níveis físico, mental, emocional e espiritual buscando uma integração harmoniosa do SER.


A terapia do Pathwork busca fazer com que o indivíduo identifique suas crenças e concepções errôneas que são as defesas, medos e fraquezas sem julgamento, aceite e as transforme! Desenvolvido pela austríaca radicada nos EUA, Eva Pierrakos, o Pathwork é aplicada no Brasil por Facilitadores e Helpers há muitos anos.

O primeiro passo para trilhar o caminho da autotransformação é o desejo genuíno de viver uma vida mais plena e feliz.

O objetivo durante o trabalho é remover as camadas de concepções errôneas, formadas desde a nossa primeira infância sobre o mundo, as pessoas, nos mesmos e a natureza da vida. Estas concepções é que criam padrões de vida difíceis para nós mesmos.

Segundo o Pathwork, todas as falhas humanas derivam de três falhas básicas: Obstinação, Orgulho e Medo. Então a metodologia vem nos ensinar a transformar tudo isso. Ele nos convida a olharmos com honestidade e compaixão o nosso “Eu Inferior” aquela nossa parte que contém falhas, defeitos e negatividades ao mesmo tempo nos conduz a identificar o que há de melhor em nós, o nosso “Eu Superior” que são a manifestação dos nossos potenciais reais, a energia vital e por conseguinte, a libertação pessoal e única. Potencializa nossa capacidade de criação, de união, de amar, de sentir bem-estar e alegria de viver, além da abundância.


Este trabalho tem contribuído para o nosso desenvolvimento em diferentes áreas como a saúde, educação, organizações corporativas entre outras, as ferramentas utilizadas para o crescimento são meditações diárias, leituras, estudo e exercícios baseados nas 258 palestras nas quais o Pathwork se fundamenta. Estas palestras trazem grande sabedoria, amor e poder da realização plena.

Pensamentos, emoção e corpo no ser humano são universos concêntricos.Tudo está ligado.

Mudar intencionalmente uma cadência e uma dureza, uma Inflexão de voz, endireitar um só milímetro as costas ou modificar um hábito aparentemente mais corriqueiro significa mudar inteiramente a própria vida.

É quase impossível mudar no mundo do comum e da mediocridade.

Precisamos acordar para a nossa essência e singularidade, validar nossas diferenças. Somos únicos, nossa digital é única. Nosso DNA exclusivo. Vamos honrar o que de bom trazemos em nós!


Direitos autorais da imagem de capa: wall.alphacoders / 310156

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

* Matéria atualizada em 31/07/2018 às 5:45






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.