Pessoas inspiradoras

“Sonhos se tornam realidade”: jovem de 18 anos realiza o sonho de estudar em Harvard!

Com muita dedicação, a jovem conseguiu entrar na universidade com uma bolsa. Confira!



Algumas pessoas enxergam o estudo como prioridade máxima de suas vidas, esse é o caso da chilena, de 18 anos, Vandie Dumaboc. Desde muito cedo, ela sonhava em estudar nos Estados Unidos, e finalmente o conseguiu, depois de muitos anos de dedicação.

Em uma entrevista ao portal Bio Bio, a jovem contou que o que reavivou o sonho, depois de terminar a escola básica, foi a experiência de uma amiga que fez um intercâmbio no país, em 2019, e a incentivou a também ir para lá.

Vandie contou que se inscreveu para Harvard em outubro de 2020 e que descobriu que foi aprovada em dezembro, ao dar andamento ao processo de auxílio financeiro (bolsa de estudo). A jovem cursará Neurociência Computacional, com direito a uma bolsa de 90%, pagando apenas a porcentagem restante.


Essa é uma grande oportunidade, que transformará o rumo de sua vida, mas que não foi nada simples de ser conquistada. Nos Estados Unidos, os alunos são selecionados para o ensino superior de forma muito diferente do Chile e também do Brasil.

Por lá, segundo a matéria, as universidades também levam em conta a personalidade e as experiências de vida dos interessados pela vaga.

Por conta disso, Vandie disse que teve de escrever ensaios falando sobre sua vida e atividades extracurriculares.

Ela estava preparada para a vaga, porque sempre foi muito ativa, participando do coral infantil do teatro municipal de sua cidade, cantando para o papa, indo para a final das Olimpíadas de Matemática, sendo premiada no Congresso, entre outras coisas.


A jovem também precisou falar sobre a sua família, onde cresceu, os lugares onde estudou e algumas das dificuldades que encontrou em seu caminho.

Uma de suas grandes inspirações em todo esse processo foi o seu pai, que faleceu quando ela tinha apenas 8 anos. Vandie disse que o homem, que nasceu no interior das Filipinas e teve uma vida muito difícil, ensinou-lhe que a única forma de “quebrar o ciclo da pobreza” é através da educação.

O homem foi para o Chile, sozinho, onde fundou o próprio instituto de inglês e alcançou muito sucesso graças ao próprio esforço. Um grande legado para a filha.

Vandie está muito feliz com a nova conquista, e a compartilhou com os amigos em uma publicação em seu perfil no Instagram:


Direitos autorais: reprodução Instargam/@vandiedumaboc.

Apesar de ter considerado todo o processo até a admissão cansativo, ela afirma que foi uma seleção completa e que espera que o seu país adote os mesmos critérios de aceitação.

Com certeza, Vandie tem um grande futuro pela frente. Ela irá longe com sua garra e determinação.

Compartilhe seu grande exemplo pelas redes sociais!


Mãe descobre bullying de filho com colegas e o manda para escola com blusa escrito: “Eu sou um valentão”

Artigo Anterior

“Adotar não é uma caridade”: Giovanna Ewbank fala sobre racismo e o quanto aprende com a maternidade

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.