6min. de leitura

Sorte e azar não existem. O que existe são as consequências de nossos atos, palavras, ações e reações

Para aqueles que acreditam que o azar existe, o melhor a fazer é nem sair de casa quando for dia 13 ou sexta-feira 13.


Afinal, não existem amuletos e simpatias que sejam capazes de dar ânimo, coragem, bom humor e alegria a uma pessoa que acredita que o Universo conspira contra ela.

Sorte e azar não existem. O que existe é o acúmulo de consequências de nossos atos, palavras, ações e reações.

Uma pessoa que se destaca profissionalmente e pessoalmente tem sorte? NÃO! Essa pessoa estudou, dedicou-se, aperfeiçoou-se, destacou-se, fez valer cada centavo do salário, oferecendo um trabalho competente, justo, correto e atualizado.


Soube administrar a vida pessoal com ternura, serenidade, sinceridade, fazendo de cada segundo do relacionamento uma eternidade de felicidade.

SORTE é ter determinação, ir à luta, fazer os sonhos se tornarem realidade. SORTE é ter objetivos, ideais, ser criativo, honesto. SORTE é fazer valer o ditado: “Querer é poder!”

AZAR é conformar-se com tudo e aceitar o pouco como tudo aquilo que se merece.

AZAR é pensar que um dia as coisas hão de mudar e não fazer absolutamente NADA para que isso ocorra.


AZAR é acreditar que Deus dará um jeito na situação, e não ter fé nem levantar da cadeira para fazer sua parte.

AZAR é tornar o dia a dia enfadonho e cansativo, por reclamar de tantos problemas.

AZAR é não viver, não ousar, não SER. 

Mas, onde sorte e azar se encaixam em VIVER A VIDA?

Simples. E escrevo a seguir um roteiro para que você seja uma pessoa de muita SORTE

Dicas da Gu

1. Evite ser previsível! Nada pior que ser o tipo de pessoa que repete as mesmas frases, os mesmos comentários, as mesmas histórias, pedem o mesmo prato no restaurante, usam a mesma cor de roupa.

Leia mais para ter assuntos diferentes, veja mais filmes e peças teatrais para ter outras opiniões, converse sobre assuntos diversificados, conte uma anedota e, por favor, nada de ficar repetindo que o governo é isso ou aquilo, essa música me faz lembrar… (todo mundo já sabe), esse artista é bom demais… (o planeta inteiro já ouviu isso 1 milhão de vezes isso) esse livro… (puxa, você só leu um livro a vida inteira?) Então, nada de ser previsível, ok?


2. Jamais comente seus problemas pessoais com aqueles que o cercam, afinal problemas e tragédias fazem parte da vida de todo ser humano e devemos deixar para falar de problemas e frustrações ou ouvir conselhos dos terapeutas, psicólogos, psiquiatras, pastores e outros, pois esta é a profissão e função deles e não podemos colocar em extinção tais profissões.

Ao invés de problemas, conte sobre suas conquistas, mudanças, planos, novos cursos que fará, seja a pessoa que é sempre bem-vinda em qualquer roda social.

Portanto, não conte seus problemas. Resolva-os!


3. Não misture cotidiano do trabalho com momentos de lazer! Nada mais inconveniente que ter que ouvir sobre o “chefe” e seus feitos ou como seu trabalho é podado por esse ou aquele outro. Se o trabalho lhe causa frustração, MUDE! Vá atrás de novos horizontes, exponha sua capacidade, mostre sua competência, ouse opinar, questione, busque opções. Nada pior que conviver com uma pessoa frustrada/conformada e que nada faz para virar o jogo.

Então, seja um profissional feliz e tenha momentos prazerosos de lazer!


4. Não prometa aquilo que não pode cumprir! Trace metas, objetivos de acordo com sua capacidade, disponibilidade de tempo e necessidade.

A gente colhe aquilo que planta, não esqueça!


5. Dedique um tempo para si! Cuide da aparência pessoal, assista ao seu filme preferido, tome uma xícara de café, uma taça de vinho ou uma caneca de chocolate quente, responda seus e-mails e mensagens, acenda velas e tome um banho demorado.

Amor-próprio!


6. Tenha alguma atividade que traga benefício ao seu próximo! Doe um brinquedo, uma roupa ou alimentos. Visite um hospital ou asilo. Reparta o amor. Faça o bem sem olhar a quem.


7. Seu lar deve ser o centro de suas atenções. De que serve um profissional competente, se o seu lar é uma farsa? De que vale um filantropo, quando sua própria família vive sem carinho e atenção? Qual a lógica em ser referência social e não ser referência afetiva? Ame e faça-se amar!

Com esses pequenos truques, podemos ter toda SORTE do Universo e não haverá dia 13 que nos derrube! VIVA E APROVEITE A VIDA! Beijo da Gu!

Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123RF Imagens.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.