ColunistasReflexãoVida

Sou águia, e você?

Ao entrarmos na vida adulta nos deparamos com um cotidiano sombrio e sucumbimos a mesmice.



Mas esse não é um cotidiano de uma águia. Aquele que supera todos os dias o seu leão, ou seja, você mesmo.

Uma águia atinge a graça em conjunto com a elegância. Bela e majestosa, águias vencem e focam, não para olhar adversários que caíram no caminho, mas para seus objetivos futuros.

Derrotas são aprendizados. Vitórias são estímulos e um momento de paz.


Para águias o verdadeiro ouro é atingir marcas.

Uma entrevista é um papo descontraído sobre uma vitória.

SOU ÁGUIA, FOTO DE DENTRO


Um abraço com o ídolo é um momento de orgulho, que citaremos depois.

Não temos receitas, os principiantes se guiam por receitas. NÓS SOMOS ÁGUIAS.

Mesmo assim, águias se tornam águias olhando as outras. Importante é você está atraindo pessoas, que buscam seu melhor.


A persistência gera a competência. O tempo também entrará como requisito básico. Não há regras, nós as “[…] fabricamos para podermos relacionar-nos com as outras pessoas. Sem regras, não poderia haver tal relacionamento. Mas não se esqueça(m) de que as regras são artificiais. ” (SHELDON, Sidney; “A Outra Face”; p. 78; 2012). O tempo é fino, agressivo, passageiro e como diria Steve Jobs, no final da sua vida, é limitado.

Somente você! Caro leitor!


Será que você kombina comigo?

Artigo Anterior

Um dos maiores clichês que ouço é que o tempo te mostra o caminho…

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.