Starbucks inaugura loja operada exclusivamente por pessoas da terceira idade



Para incentivar a inclusão social das pessoas mais velhas no mercado de trabalho, a cafeteria multinacional Starbucks teve uma iniciativa muito bacana! Confira!

Ouvimos desde cedo que quando chegamos à velhice, tudo o que queremos é paz e sossego, de preferência em nossas próprias casas ou viajando pelos destinos que sempre quisemos conhecer. No entanto, nem todos os idosos querem uma vida “calma” ou “solitária”.

Muitos não conseguem se adaptar a essa nova realidade e preferem continuar trabalhando, investindo seu tempo em atividades que consideram interessantes e aproveitando para conhecer pessoas novas e aprender novos ofícios. Outros trabalham por necessidade, porque ajudam no sustento da família ou por outro motivo pessoal.

No entanto, nem sempre conseguem uma oportunidade de trabalho, porque o mercado está cada vez mais exigente e, na maioria da das vezes, oferece espaço apenas para pessoas jovens.

Para incentivar a inclusão social das pessoas mais velhas no mercado de trabalho, a cafeteria multinacional Starbucks teve uma iniciativa muito bacana! Eles inauguraram uma loja operada apenas por pessoas entre 60 e 65 anos de idade.

A loja fica localizada no distrito de Coyoacan, na Cidade do México e está permitindo que senhores e senhoras complementem a aposentadoria ou tenham alguma distração. Os 14 funcionários – entre baristas, supervisores e especialistas em café recebem alguns benefícios especiais, além dos tradicionais, como expediente diário de seis horas e meia, dias extras de folga e aumento no seguro médico total.

A criação da loja aconteceu através de uma parceria entre Starbucks e o Instituto Nacional para Pessoas Idosas (INAPAM) do México.

“Levamos dois anos para chegar ao melhor modelo para contribuir com a comunidade de idosos no México. Abrir as portas de nossas lojas para baristas seniores não foi uma meta, foi um ato de congruência com a filosofia de inclusão da Starbucks”, disse o diretor da Starbucks México, Christian Gurria.



O objetivo deles é ampliar o quadro de funcionários da terceira idade. Até o final de 2019, pretendem estar empregando 120 idosos. Eles acreditam que a presença dessas pessoas no quadro de funcionários traz muitos benefícios para a rede, por conta da experiência que carregam e também porque diminuem a rotatividade do quadro de funcionários.

Infelizmente, não há previsões de uma filial com funcionários idosos no Brasil, mas a atitude da empresa em valorizar trabalhadores mais velhos é incrível e define um exemplo muito importante de inclusão para outras empresas do mundo todo.

O que você achou da atitude da Starbucks? Gostaria de trabalhar em uma filial como essa?

Deixe um comentário abaixo, e marque seus amigos que poderiam se interessar pela oportunidade!


Direitos autorais das imagens utilizadas no texto: Divulgação.






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.