Sua tia pode ser a maior parceira para viajar e conhecer o mundo com você!



“Há um incrível senso de amor, orgulho e alegria que surge ao se tornar uma tia pela primeira vez, por relação ou por opção.”

Como já sabemos, as tias são algumas das nossas melhores companheiras na vida. Isso porque, além de fazerem parte da família, elas também são grandes amigas, que nos amam e compartilham conosco um vínculo muito forte de respeito e carinho.

Quando somos criados próximos às nossas tias, sentimos como se tivéssemos duas mães, porque a sua dedicação é muito similar. Desenvolvemos com elas um lado muito forte de amizade e liberdade, já que estão sempre dispostas a nos ouvir e apoiar no que for preciso.

Nossas tias são nossas grandes parceiras no dia a dia, mas você já parou para considerar que elas também podem ser as melhores companhias, quando queremos sair pelo mundo para viajar e conhecer culturas e lugares diferentes?

Existe um grupo norte-americano de tias que têm como objetivo principal viver experiências únicas ao lado de seus sobrinhos. Elas são conhecidas como PANK (Professional Aunt no Kids), Tias Profissionais Sem Filhos, em tradução literal.

O termo PANK foi cunhado por Melanie Notkin e refere-se a mulheres que não têm filhos, mas que optaram por desenvolver um forte relacionamento com os filhos de outras pessoas (sejam sobrinhos de primeiro grau, filhos de amigos, entre outros).

As PANKS procuram estar presentes em todos os momentos das vidas de seus sobrinhos e essa relação saudável beneficia grandemente ambos os lados.

“Há um incrível senso de amor, orgulho e alegria que surge ao se tornar uma tia pela primeira vez, por relação ou por opção, com o filho de um amigo próximo”, diz Notkin. “A partir do momento em que os bebês nascem, somos capazes de nos tornar fontes inestimáveis ​​de amor, apoio e desenvolvimento.”

Para as crianças, a presença das tias verdadeiras ou de consideração pode ajudar no desenvolvimento de habilidades cognitivas, sociais e emocionais, além de também exercerem a função de confidentes para adolescentes que não se sentem confortáveis falando de determinadas questões diretamente com os seus pais.

As tias também são muito privilegiadas com essa união. Elas podem compreender um pouquinho melhor como é o trabalho de uma mãe, caso desejem tornar-se uma ou podem ficar mais perto de crianças e externalizar seu amor por elas, se por algum motivo não podem ser mães de verdade.



Além disso, crianças e tias também podem fazer diversos programas juntas, como viajar pelo mundo, aprendendo uma com a outra e compartilhando muita felicidade e carinho.

Apesar de o termo PANK ainda não ter chego por aqui, quase todos nós já tivemos ou ainda temos uma tia como essa, biológica ou não, que possui um papel muito importante em nossas vidas.

“Tia é um presente”, diz Notkin. “É um presente para as crianças, que nunca se prejudica por receber muito amor. É um presente para os pais que podem usar mais mãos quando são puxados em tantas direções.”

E é um presente para as tias, que podem investir suas energias e sentimentos em outra pessoa tão especial.

Sua tia verdadeira ou postiça sempre será uma grande amiga, com a qual você poderá conhecer e explorar tanto o mundo lá fora, quanto o seu mundo interior, o que o levará a uma vida muito mais feliz. Considere-a sempre que desejar uma aventura transformadora.

Se você tem uma tia assim ou se é a própria tia, deixe um comentário abaixo falando um pouco sobre essa relação tão especial.


Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: Alena Ozerova/123RF Imagens.






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.