Suas expectativas não são o problema. O apego que você tem a elas é que o faz sofrer



Já ouvi várias vezes a frase “não crie expectativas“. Mas me parece que ninguém deliberadamente CRIA expectativas. Elas surgem quase que de forma espontânea.

Por exemplo, quando estou terminando minha meditação, penso sobre minha intenção para o dia. Sempre coloco boas intenções. Afirmo que terei um dia produtivo e agradável, se é dia de trabalhar, ou que terei um dia tranquilo e de renovação, se é de descanso.

Ou seja, tenho certas expectativas. Se eu combino algo com uma pessoa, esperarei por ela.

Acho tão humano esperar coisas boas. Mas expectativas nem sempre se cumprem. Pessoas mudam e acontecimentos inesperados surgem. E aí podemos nos frustrar muito. Aí vem a frase: quem mandou criar expectativas?

Parece-me que, na tentativa de não se frustrar, muitas pessoas tentam (a maioria sem sucesso) não criar expectativas.

O que funciona muito bem para mim é me permitir criar expectativas positivas! E se não aconteceu como eu esperava, paciência! O problema é o nosso apego demasiado às expectativas.  

E como todo apego, ele faz sofrer. Se eu imaginei que teria um dia de descanso, mas surge uma demanda de trabalho, o que eu faço?

Pratico uma postura de aceitação. Tudo bem, esses não eram os meus planos, mas a realidade está me apresentando uma outra ideia. Posso me aborrecer com isso ou me abrir para as oportunidades que isso traz.



Quando espero algo de alguém, e essa pessoa me frustra, posso me “chicotear” por ter criado expectativas. Ou posso aceitar que eu esperava algo e que aquilo não aconteceu. E, se aceito, várias portas se abrem: o que posso fazer a partir disso que aconteceu?

Então, não fique irritado por criar expectativas! Isso é tão humano! Cobrar de si não fazer isso só piora a situação. Na relação com os outros, isso é ainda mais importante. Depositar o peso das suas expectativas e cobrar de uma pessoa é muito pesado.  Comunique o que você espera. E se ela não puder ou não quiser corresponder a isso, tudo bem!

Lidar com essa frustração faz parte. Fugir da frustração a todo custo é muito cansativo. Lembre-se disso: suas expectativas não são o problema. O apego que você tem a elas é que o faz sofrer.



Direitos autorais da imagem de capa: Xan Griffin on Unsplash






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.