Notícias

Suspeitos presos por morte de Amanda Albach eram amigos da jovem

foto capa integra
Comente!

A Polícia Civil de Santa Catarina encontrou, na tarde desta sexta-feira (3/12), o corpo da jovem Amanda Albach, de 21 anos, na Praia do Sol, em Laguna (SC). Na quinta (2/12), as autoridades prenderam três suspeitos em Canoas, no Rio Grande do Sul.

O advogado da família, Michael Rodrigues Pinheiro, informou que o casal suspeito é amigo da jovem e o terceiro preso é irmão de um dos dois amigos.

Segundo ele, Amanda ficou hospedada na casa do casal durante a viagem feita para Imbituba, litoral de Santa Catarina.

O advogado também afirmou que está esperando mais informações da polícia, que dará uma coletiva de imprensa na tarde desta sexta.

Amanda Albach 2

Direitos autorais: Reprodução.

Amanda Albach 00

Direitos autorais: Reprodução

Relembre o caso

Amanda Albach ficou desaparecida por 18 dias. Ela morava em Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba, no Paraná, e foi para Imbituba, em Santa Catarina, durante o feriado da Proclamação da República, no dia 15 de novembro.

Amanda Albach1

Direitos autorais: Reprodução.

A família da jovem contou que ela viajou com um casal de amigos. Ela não falou mais com a família depois da chegada em Santa Catarina. Antes de desaparecer, entretanto, Amanda teria enviado uma mensagem para a mãe, avisando que retornaria para o Paraná com um carro de aplicativo.

A jovem ainda teria sido vista em uma famosa balada da Praia de Jurerê, em Florianópolis, após o registro do desaparecimento.

Comente!

Homem com projétil de canhão no reto faz hospital acionar equipe antibomba

Artigo Anterior

Morre a búfala “Carequinha” em fazenda de Brotas

Próximo artigo