5min. de leitura

Talvez o importante seja o caminho, e não a chegada!

Sempre estamos à procura daquilo que nos completa. Há uma grande motivação dentro de nós que nos leva onde temos que ir para alcançar nossa felicidade, mesmo que momentânea.


Grande parte de nossa vida, vivemos por diversas vezes com uma pequena sensação de vazio, uma sensação de que nos falta algo. Constantemente, temos a sensação de que, se conseguirmos algo que queremos muito, nós estaremos completos, alcançaremos a felicidade suprema.

A realidade é um pouco diferente disso. Quando conseguimos o que queremos, logo a sensação de vazio nos toma novamente, e aí estamos em busca de outra coisa, outra satisfação. Parece que estamos sempre em busca de algo, não é mesmo?

Não me leve à mal. Acredito que isso não seja ruim. Isso nos motiva a ir sempre atrás de nossas vontades, é o que nos move diariamente. Mas o que estamos buscando de verdade? Já pararam para pensar, analisar? Estamos atrás do que? O que nos completa?

Juro que não é minha intenção encher nossa cabeça de perguntas, mas acredito que quando perguntamos, conseguimos a resposta, de um jeito ou de outro, e nesse caso, a resposta está dentro de cada um de nós. O que nos move?


Lembro das primeiras aulas de Psicologia, as primeiras lições sobre sentimentos, emoções, e o que nos leva a fazer as coisas que fazemos, o que nos motiva.

A resposta é simples, para todas as perguntas acima. A resposta é: o que isso significa para cada um de nós! Essa resposta parece uma pergunta, não é mesmo? Mas acredito que essa resposta se aplica a muitas questões.


Por que você quer assistir esse filme? – Porque significa algo para mim.    

Por que você quer ir para aquele local? – Porque significa algo para mim.

Por que você quer ficar com essa pessoa? – Porque significa algo para mim.

Não são apenas locais que vamos, ou filmes que vemos, músicas que escutamos, livros que lemos, tudo isso significa algo para nós, tudo isso nos remete à um sentimento, à uma emoção, que apenas nós sentimos e que faz parte de algo bem maior dentro de nós.

Certa vez escutei a seguinte frase “ O homem é a medida de todas as coisas”. Pesquisei, e descobri que é um trecho de uma frase de Protágoras : “O homem é a medida de todas as coisas, das coisas que são, enquanto são, das coisas que não são, enquanto não são.”

Que isso quer dizer? Acredito que quer dizer que não há medidas para as coisas, para os sentimentos, emoções. Não temos como medir sentimentos e emoções como medimos o tanto de café que colocaremos na cafeteira, ou como medimos os ingredientes que colocamos para fazer o bolo.

A realidade é que uma coisa que seja muito importante para mim, para outra pessoa não é. Algo que traz um significado para mim, traz outro significado para outra pessoa. Simplesmente não dá para comparar um sentimento, ou uma emoção com o sentimento e emoção de outra pessoa.

Por isso que aquela frase conhecida que temos mania de dizer :” eu sei o que você está passando”, na verdade não é bem assim. Ninguém sabe pelo o que a outra pessoa está passando, ou sentindo.

Conseguimos nos colocar no lugar da outra pessoa, para entender o lado dela, mas sempre vemos o mundo com os nossos próprios olhos, o nosso ponto de vista.

O meu ponto de vista, é diferente do seu ponto de vista.

Então voltando ao começo desse texto, o que nos move? O que buscamos?

Só nós mesmos podemos responder isso. Ninguém pode fazer isso por nós.

Muitas pessoa já tem a resposta, e isso é ótimo! Mas muitas pessoas ainda não possuem.

Enquanto não temos a resposta, que tal aproveitar o caminho, o agora, que percorremos até chegar aos nossos sonhos, nossos ideais. Precisamos contemplar mais o dia a dia, aproveitar o caminho que nos leva ao pote de ouro atrás do arco íris.

Talvez esse caminho seja exatamente o que estávamos buscando, o que nos faltava, e não o que nos aguarda no final deste…

Para este texto sugiro o filme : Poder além da vida (Peaceful Warrior – 2006) e o livro: O poder do Agora de Eckhart Tolle.

____________

Direitos autorais da imagem de capa: stopabox / 123RF Imagens





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.