Reflexão

Tapas e gritos jamais serão capazes de educar uma criança da mesma forma que o carinho e a atenção

Com respeito e amor, essa é sempre a melhor maneira de criar nossos filhos. Confira esta importante reflexão!



Todos os homens e mulheres que já tiveram um filho podem concordar que criar os pequenos é uma das missões mais difíceis e complexas da nossa vida.

Não importa a nossa idade, nunca sentiremos que sabemos o suficiente sobre a vida para orientar uma pessoa desde os primeiros momentos de vida a se tornar um ser humano respeitável, com dignidade e um futuro bem-sucedido.

No dia a dia, nós nos deparamos com muitas situações complexas com nossos filhos, que exigem muita maturidade e sabedoria da nossa parte, e escolhemos o modo de ação que acreditamos ser o mais adequado.


Enquanto muitos pais preferem falar e agir com paciência e cuidado com os filhos, outros acreditam que nem sempre essas são as melhores armas, e acabam partindo para um tipo de relação de maior autoridade e até mesmo violência.

Esses pais costumam recorrer a gritos e tapas, por exemplo, para educar os filhos e transmitir-lhes as lições que precisam aprender. Eles podem achar que estão fazendo a coisa certa e que assim os pequenos crescerão mais bem educados. No entanto, não é sempre assim que as coisas acontecem.

Atitudes e palavras de violência não necessariamente ensinam os nossos filhos a nos respeitar, mas a nos temer, e isso faz com que nossa relação com eles seja sempre de subordinação, mentiras e enganações.

Embora os limites devam ser estabelecidos pelos pais desde cedo e os momentos de imposição sejam necessários em muitos momentos, quanto mais agressivos somos com os filhos, mais criamos um distanciamento em nossa relação, e eles acabam nos obedecendo não por respeito, mas por necessidade.


Uma criação baseada no carinho e atenção, no entanto, inspira uma admiração natural nas crianças por nós, e tendência de seguir os nossos comandos, já que elas se sentem amadas e bem cuidadas por nós, vendo-nos como pessoas em quem realmente podem confiar.

Embora também sejam vistos como maneiras de educar os filhos, os tapas e gritos jamais poderão oferecer a mesma educação que aquela baseada no amor e na dedicação, em que as crianças são vistas como pessoas individuais, não apenas como subordinados, que temos a liberdade de criar à própria maneira, sem nos importar com mais nada.

Tudo aquilo que as crianças vivem na infância permanece com elas na vida adulta. Certifique-se de que você está oferecendo boas memórias aos seus filhos.


Por intimidar colegas, pai faz filho segurar cartaz que diz: “Eu sou um valentão” no meio da rua

Artigo Anterior

As pessoas destes 5 signos são as mais dissimuladas. Elas enganam e mentem na nossa cara!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.