Notícias

Tatuadora faz ilustração de Marília Mendonça com o filho e emociona: “O amor de mãe nunca morre”

ilustracao mm

A morte de Marília Mendonça causou grande comoção no país, principalmente entre as mães.



Diante dessa situação, a tatuadora Lays Alencar, 29 anos, mãe do João Victor, 11 anos, decidiu transformar seu trabalho em uma linda homenagem à artista.

A profissional, que mora em Goiânia (GO), conta que quando leu sobre a notícia do falecimento da cantora ficou muito triste e seu primeiro pensamento foi quanto ao filho da compositora, o pequeno Léo, que irá faze dois anos no próximo mês.

“Quando eu li sobre a notícia, fiquei triste em pensar no bebê que acabara de ficar órfão, e que de onde estivesse ou esteve, Marilia havia de ter tido ele em seus últimos pensamentos”, disse Lays.


Ela relatou um pouco sobre o que a motivou a fazer a ilustração: “Nesse momento, senti o medo que toda mãe sente, de partir e deixar os filhos sem os nossos cuidados. E sob esses sentimentos, pensei na ideia da ilustração. Ela surgiu da necessidade de acalentar essa dor, de acreditar que o amor de mãe nunca morre.” Para a profissional, sua ilustração mostra que de onde estiver, a cantora sempre estará influenciando e guiando a vida do filho.

“Independente de qual seja a crença, inegavelmente ela estará presente na vida dele, por meio da música, do legado que ela deixou, das pessoas que influenciou, que amou, e que sempre transmitirão a ele as lembranças e o amor da mãe”, aponta.

Como mora em Goiânia, Lays diz que é impossível não conhecer a história de Marília Mendonça. “Tínhamos conhecidos em comum, estudei com uma amiga dela que convidava para shows antes dela ser famosa. E apesar de sertanejo não ser um dos gêneros musicais que mais ouço, eu conhecia o trabalho da Marília.”

Com seu trabalho, Lays espera passar uma mensagem de conforto e amor para família da cantora, para os fãs e principalmente para as mães, que estão sofrendo com essa dor. “Uma homenagem e agradecimento ao que ela deixou e representou.”


Lays é tatuadora há 10 anos. Ela conta que desde que conheceu o lápis e o papel nunca mais parou de desenhar. “Naturalmente, trabalhar com desenho tornou-se um sonho, e quando a faculdade pareceu distante vista de cima de uma barriga de uma adolescente grávida, a tatuagem surgiu no horizonte como o nascer de uma nova oportunidade de o sonho ser realidade”, ela relata.

O acidente

Nesta sexta (5), a assessoria confirmou a morte da cantora em um acidente aéreo. “Com imenso pesar, confirmamos a morte da cantora Marília Mendonça, seu produtor Henrique Ribeiro, seu tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho, do piloto e copiloto do avião, Geraldo Medeiros Júnior e Tarciso Pessoa Viana, respectivamente. O avião decolou de Goiânia com destino a Caratinga/MG, onde Marília teria uma apresentação esta noite”, informou a assessoria da cantora em nota.

Marília Mendonça deixa o filho Léo, de 1 ano, fruto de seu relacionamento com o cantor Murilo Huff. Nas redes sociais, além de falar sobre seu trabalho, ela costumava compartilhar o dia a dia com o filho e demonstrar seu amor pelo menino.


Jovem viciado em jogar Free Fire é amarrado por familiares: “Possuído por demônio”

Artigo Anterior

“Trocaria qualquer coisa para não ter que ficar pegando avião”, escreveu Marília Mendonça em rede social há exatamente dois anos

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.