Comportamento

Tecidos citados na Bíblia, nos reinados de Davi e Salomão, são encontrados em Israel!

Os tecidos são uma representação da riqueza da população da Idade do Ferro. Entenda melhor!



Arqueólogos fizeram uma descoberta surpreendente no Vale do Timna, no Sul de Israel. Durante escavações, eles encontraram pedaços do tecido tingido de roxo, que remonta aos reinados bíblicos supostamente de Davi e Salomão. Essa foi a primeira vez que esses tecidos foram encontrados, segundo o The Independent.

Os pesquisadores acreditam que o tecido foi inventado na Fenícia, em 1570 a.C. Ele foi tingido com o corante roxo “real” ou “tyrian”, proveniente das glândulas destiladas de caracóis do mar, e é associado à realeza e riqueza da época, sendo considerado “mais valioso do que ouro”.

Diversos textos cristãos e judaicos mencionam o uso do tecido da Idade do Ferro, inclusive no Templo de Salomão. No entanto, até recentemente, a única evidência direta que os cientistas haviam encontrado sobre ele eram restos da concha do molusco e traços de púrpura em fragmentos de cerâmica.


A datação por radiocarbono realizada pelos arqueólogos revelou que as amostras remontam a aproximadamente 1.000 a.C., período que corresponde aos supostos reinados de Davi e Salomão, em Jerusalém.

Um estudo sobre a descoberta foi publicado na revista PLOS One e explica que o verdadeiro roxo foi produzido a partir de uma glândula localizada próximo ao reto de três espécies de moluscos do Mar Mediterrâneo, e o processo de destilação durou dias.

Dr. Naama Sukenik, curador de descobertas orgânicas da Autoridade de Antiguidades de Israel, disse que essa é uma descoberta importante e emocionante, porque representa a primeira evidência direta dos tecidos preservados por cerca de 3.000 anos.

Ele ainda explicou que essa é a primeira peça de tecido tingida com o raro corante roxo já encontrada, desde a época de Davi e Salomão, e que o tom de roxo, que não desbotava e era difícil de conseguir, tornava-o o mais valioso dos corantes, por isso era usado apenas pela nobreza, realeza e sacerdotes.


A expedição arqueológica na mina de cobre Timna acontece continuamente desde 2013, segundo o professor do departamento de arqueologia da Universidade de Tel Aviv, Erez Ben-Yosef.

Ele acrescentou que a equipe também conseguiu recuperar outros materiais orgânicos, como cordas, couros e têxteis da Idade do Ferro, por conta do clima extremamente seco da região, e que isso pode nos ajudar a ter um vislumbre de como era a vida nos tempos bíblicos.

Que notícia interessante! Realmente uma grande e muito significativa descoberta!

Compartilhe-a com os amigos nas redes sociais!


 

Direitos autorais da imagem de capa: Depositphotos.

“Sonho realizado”: Zeca Pagodinho se orgulha de instituto que oferece aulas de música para crianças

Artigo Anterior

Diretor de escola trabalha à noite no Walmart e doa salário a alunos necessitados. Grande coração!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.